Menu
quarta, 27 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Desemprego no Brasil recua 0,7%, revela pesquisa do IBGE

31 julho 2019 - 08h44Agência Brasil

A taxa de desocupação no Brasil, no trimestre encerrado em junho de 2019, ficou em 12% e a subutilização foi de 24,8%.

Houve ligeira queda na comparação com o trimestre anterior, quando a desocupação estava em 12,7% e a subutilização em 25%. No mesmo período do ano passado, as taxas eram de 12,4% e 25,5%, respectivamente.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio - Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (31), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

São 12,8 milhões de pessoas sem trabalho no país e 28,4 milhões que trabalham menos horas do que poderiam.
  
O rendimento real habitual apresentou queda de 1,3%, caindo de R$ 2.321 no primeiro trimestre do ano para R$ 2.290 na última medição.
 
O número de desalentados - pessoas que desistiram de procurar trabalho - se manteve recorde no percentual da força de trabalho, com 4,4%, que soma 4,9 milhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Prefeitura disponibiliza, na quinta-feira, espetáculo "Conectados" na internet
GERAL
MS participa da 3ª edição de maratona mundial de criação de games
ECONOMIA
Nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 3,3 Kg maconha em ônibus de viagem na BR-163
QUEDA DE ÁRVORE
Árvore cai em cima de carro no Anel Viário
POLICIAL
Passageiro de ônibus é preso com grande quantia de dinheiro em mala
CORONAVÍRUS
MS estuda cancelar ponto facultativo de Carnaval para tentar conter avanço da Covid
GERAL
Processo Seletivo da UEMS abre inscrições para 1052 vagas
ECONOMIA
Mesmo com pandemia, MS bate média recorde com 21 novas empresas abertas por dia em 2020
AGENDA
Governador em exercício Paulo Corrêa cumpre agenda em três municípios, onde vistoria e lança obras

Mais Lidas

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19