Menu
terça, 26 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Deputados tentam acordo sobre anistia de multas a caminhoneiros

06 junho 2018 - 11h17Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou nesta quinta (6) que não é a favor de manter a possibilidade de anistia das multas aplicadas durante a greve dos caminhoneiros no projeto que regulamenta o transporte de cargas. A matéria pode ser analisada hoje pelo plenário da Câmara.

Maia afirmou que vai pedir ao relator da emenda,  deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), que retire este ponto do projeto. O presidente convocou uma reunião com líderes partidários para esta quarta-feira para tentar chegar a um acordo sobre a questão.

“Vou pedir a ele mais uma vez que a gente deixe este assunto para outro momento, até porque tratar de anistia é tratar de beneficiar aquele que cometeu algum ato errado. Não tem negócio de anistia, acho que não é o melhor momento, nem o melhor projeto para isso porque vai misturar dois temas que não tem relação um com o outro”, argumentou Maia.

Ajustes necessários

Nelson Marquezelli informou que fez alguns ajustes no projeto substitutivo e disse que a nova versão não faz menção a nenhuma anistia, mas garante a possibilidade da conversão das multas e sanções, inclusive as que foram determinadas pela Justiça, em advertências.

Para o relator, o Supremo Tribunal Federal (STF) errou ao determinar a aplicação de multas porque muitos caminhoneiros autônomos ou transportadoras não paralisaram por vontade própria.

“Ele não pode ser responsável por uma coisa alheia à sua responsabilidade. Qualquer tipo de multa quer houve entre 21 de maio e 4 de junho de 2018 eu estou dando condições pra que ele [motorista ou empresário] tenha um instrumento legal para se defender”, explicou Marquezelli.

O relator disse, ainda, que não vai retirar o artigo do projeto e vai tentar acordo com os líderes da base governista e o presidente da Câmara para colocar o projeto em votação ainda hoje.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19
EDUCAÇÃO
IFMS reabre prazo de matrículas da 1ª chamada para cursos técnicos integrados
Aprovados têm até esta quarta-feira, 27, para fazer a matrícula em cursos técnicos integrados ao ensino médio. Retificação altera datas previstas para novas chamadas
EDUCAÇÃO
Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
GERAL
Edital que selecionará 3 mil propriedades rurais está com inscrições abertas
Período de submissão de propostas vai até 01 de março. Há benefícios para organizações e para propriedades rurais selecionadas
ESTÁGIO
IEL oferece estágio nas áreas de Administração, Arquitetura, Engenharia, Edificações e RH
GERAL
Prazo para empresas do MS comprovarem ao Imasul o cumprimento da logística reversa acaba este mês
Até o dia 27, quarta-feira, a certificadora eureciclo auxilia as empresas a se adequarem à Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e atenderem ao Edital do Diário Oficial do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, que convocou mais de 9 mil empresa
EDUCAÇÃO
Seleção para o mestrado do IFMS é retomada

Mais Lidas

CAPOTAMENTO
Carro capota no bairro Aeroporto e deixa casal ferido
CHUVA
Corumbá já tem maior acumulado de chuva da história
POLICIAL
Em Corumbá homem é preso por violência doméstica contra sua mãe
POLICIAL
PM de Corumbá recupera motocicleta furtada antes de proprietário perceber o crime no bairro Popular