Menu
sexta, 07 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

Deputado Estadual Coronel David repudia Reforma da Previdência em aprovação

14 março 2017 - 10h36Gesiane Medeiros e Sylma Lima
Deputado Estadual Coronel David recebeu reportagem do Capital do Pantanal em seu gabinete. Foto: CDP

Em meio à crise nacional e tantas propostas de reformas administrativas que prometem reduzir gastos públicos, o Capital do Pantanal foi até a capital do estado, Campo Grande, para saber a opinião do legislativo estadual sobre tais assuntos polêmicos.  Michel Temer já declarou em entrevistas que deseja ser lembrado como o presidente que foi capaz de fazer as reformas que o país precisa para entrar nos trilhos do crescimento. O governo federal afirma que se a reforma da Previdência não acontecer, não demora muito para que o país piore ainda mais das pernas e consequentemente o pagamento das aposentadorias e benefícios em geral, entre em colapso. No estado, a queda na arrecadação do ICMS do gás, fez com que o governador Reinaldo Azambuja instaurasse uma reforma administrativa para enxugar a máquina pública e evitar que o estado não quebre.  

Confira a entrevista exclusiva cedida a Capital do Pantanal pelo Deputado Estadual Coronel Carlos Alberto David dos Santos (PSC), ex-comandante geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul (MS), declaro contra a reforma da previdência e a favor da mudança administrativa feita por Reinaldo Azambuja no estado.

Sobre a Reforma da Previdência

“O presidente deveria ter se preocupado em fornecer para a população, membros do Congresso Nacional e Governadores a real situação da Previdência do Brasil, até onde sei isso não aconteceu e se ocorreu foi em uma reunião fechada. A divulgação desses dados é extremamente importante, para que as pessoas possam tirar a interrogação da cabeça e entender que a previdência está realmente quebrada. Sou servidor de carreira e percebo que seremos mais uma vez penalizados, por um ‘rombo’ que não foi provocado por nós, percebo que tudo aquilo que vai ser feito pelo governo para ‘equilibrar’ as contas públicas, será um prejuízo para os servidores públicos e população em geral, que no fim irão pagar a conta”.

O Deputado levanta o questionamento sobre as empresas que utilizaram recursos da previdência e também sobre os não comentados fundos de pensão. “Vejo tudo isso com muito ceticismo. Converso com os congressistas em Brasília para que ele nos ajude”.

Coronel David afirmou que ficou ainda mais perplexo quando teve acesso ao impacto que essa reforma irá implicar na vida dos trabalhadores rurais, “que mesmo distantes dos grandes centros, contribuí pra economia de seus municípios. O dinheiro dessas pessoas vai ser reduzido e à projeção é que isso implique diretamente na evolução financeira das cidades, que terão menos dinheiro em giro e por consequência a progressão dos empregos será paralisada”.

Coronel David aprova medida de reforma administrativa do governo do estado. Foto: CDP

?Sobre a Reforma administrativa do estado

“O governador Azambuja atuou corretamente, temos que reduzir despesas e diminuir a estrutura física do estado para que sobre dinheiro para honrar compromissos com servidores e principalmente com a população através de investimentos, se não sobrar dinheiro, o estado passa a ser um mero administrador de folha de pagamento e, a maior prejudicada será a própria população que deixará de receber os serviços públicos. Aqui na Assembleia Legislativa a reforma administrativa foi aprovada por todos, porque acreditamos que este é o momento de reduzir o tamanho da máquina para que o dinheiro seja melhor empregado”.

O deputado destacou ainda que a Assembleia Legislativa do Estado fez questão de dar o exemplo e também realizar sua reforma administrativa interna. “Nossa reforma foi aprovada antes mesmo da do governo do estado, somente nos cargos comissionados, tínhamos 227 e agora são apenas 173. Diminuímos toda a estrutura e cargos foram eliminados, porque o presidente da casa percebeu que a ação tinha que iniciar por nós que aprovamos as leis, para que então pudéssemos cobrar do poder executivo. E agora vamos pesquisar se os demais Poderes estão tendo o mesmo posicionamento”. Ressalta o Deputado Estadual Coronel David.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
OPERAÇÃO PF
PF deflagra Operação Grão Branco de combate ao tráfico internacional de drogas
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 494 Kg de maconha e 7 Kg de skunk na BR-262
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal