Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Dentes abertos, quebrados e até escovas de dentes usadas podem favorecer transmissão da Covid-19

Prof. Plácido Menezes também alerta sobre a umidade exalada nas máscaras pelos "respiradores bucais"

30 janeiro 2021 - 11h08Da Redação

Descuidos com a saúde bucal ou até mesmo escovas de dentes usadas ou deixadas em qualquer lugar aumentam a proporção da contaminação por Covid-19.

De acordo com a opinião do cirurgião-dentista Prof. Plácido Menezes, a boca já é uma porta de entrada à transmissão viral. “Dentes abertos ou infeccionados, muito embora o novo coronavírus se aloje nas vias áreas, favorecem a contaminação. Um paciente que tem perda de dente, dente quebrado ou, até mesmo, um respirador bucal, vai exalar mais umidade em uma máscara, o que a torna mais permeável e favorece a entrada do vírus”, adverte ele. 

O especialista em saúde bucal também alerta sobre o uso das escovas de dente. Nas viagens em pousadas e hotéis, ainda que o pessoal da limpeza possa ter feito o trabalho de higienização, não se pode confiar plenamente se o banheiro está livre do vírus, “é preciso ter muito cuidado onde deixamos a nossa escova. O ideal é acomodarmos a escova numa necessaire ou em um estojo particular, mesmo porque a escova é úmida e o vírus necessita de umidade”, sinaliza Menezes.

Para os pacientes que já tiveram a Covid, o professor aconselha que a primeira medida é jogar fora a escova usada para evitar a contaminação de outras pessoas da família, já que as escovas são meios de transmissão.

Outro pormenor que facilita a contaminação são as manias de roer as unhas e colocar as mãos na boca, “é gravíssimo e pode ampliar as chances de uma contaminação em adultos e crianças, uma vez que as mãos podem estar contaminadas com o vírus por tocarem numa maçaneta, numa bancada ou algo similar”, comenta ele.

Por último, os pacientes respiradores bucais apresentam mais predisposição a sangramentos nas gengivas e ao aumento de umidade, o que facilita a infecção por vários tipos de vírus ou bactérias.  “Os respiradores bucais têm a proteção contra os vírus e bactérias diminuída. Todo o agente agressor não encontra defesa pela boca. O nariz tem adenoides onde produzem  linfócitos que agem como um exército de soldados que alertam quando um inimigo entra no organismo”, conclui Menezes.

Prof. Plácido Menezes

Além de cirurgião-dentista, o Prof. Plácido Menezes é expert em distúrbios do sono e ortodontia.

Mestrando em Farmacologia pela Faculdade de Medicina da Unicamp (SP), é membro integrante da Associação Brasileira do Sono (ABS) e da Associação Brasileira da Odontologia do Sono (ABROS), além de atuar como professor da Uniface Academy, além de ter ministrado aulas em faculdades como a Unoeste, de Presidente Prudente, interior de São Paulo e Uninga, de Campo Grande (MS).

Atualmente, Prof. Plácido Menezes é dono da Clínica ASF Odontologia, situada em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Homenagem
Rodovia MS 228, em Corumbá, recebe o nome do pecuarista Dalci Vicente Sebben
Governo
Autorizados concursos públicos para Iagro e Sedhast com 180 vagas
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos