Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Delegado que prendeu servidor diz que tem provas testemunhais e áudios

02 novembro 2018 - 10h40Sylma Lima

O delegado de Polícia Civil Luca Venditto Basso que preside o inquérito da operação  denominada ‘Torre e Babel’ disse ao Capital do Pantanal que o servidor público Marcelo Rondon de Andrade, tem mandado de prisão preventiva  expedido pelo juiz da primeira vara criminal desta comarca  André Monteiro, e que agiu mediante provas testemunhais e áudios gravados pelas pessoas extorquidas. O engenheiro agrimensor estaria praticando crime de corrupção passiva, cuja pena varia de dois a 12 anos de prisão. Luca explicou que a investigação ainda esta em curso, entretanto, em sigilo de justiça pois, pode estar envolvendo outras pessoas do alto escalão da prefeitura.

Entenda o caso

O servidor Marcelo Rondon de Andrade vinha sendo investigado por crimes contra a Administração Pública (corrupção passiva) e furto de energia elétrica. O engenheiro foi preso nesta quinta-feira,01, após investigação da Polícia Civil sobre  cobrança para alvará de licença de obras , e celeridade nos processos, cujos valores chegavam a R$ 2 mil. Na casa do servidor ainda foi encontrado  um ‘gato’ de energia. Operação foi denominada ‘Torre de Babel’. O servidor também acusado de ‘aliviar’ valores do IPTU e será indiciado por crime de corrupção passiva.

Prefeitura emite nota oficial sobre o caso falando em sindicância

“A Prefeitura de Corumbá abrirá sindicância para apurar a conduta do servidor municipal investigado pela Polícia Civil por corrupção passiva e furto de energia. Todas as medidas legais estão sendo tomadas no sentido de resguardar o Município e o erário público.

A Administração municipal reforça que não compactua, não admite e abomina qualquer prática ilegal em todas as suas secretarias, fundações e autarquias. A TRANSPARÊNCIA e o RESPEITO AO CIDADÃO tem sido as marcas desta gestão e não podem, jamais, serem manchadas pela conduta de um ou alguns funcionários.

A Prefeitura reforça ainda que todo e qualquer munícipe que tenha sido lesado pelos crimes mencionados na investigação devem procurar o responsável pelo Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) para que sejam aplicadas todas as medidas pertinentes”. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida