Menu
sábado, 16 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Delegado é condenado por homicídio de boliviano

23 junho 2021 - 21h51Mariana Conte

Com quase 12 horas de júri popular o delegado da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul Fernando Araújo da Cruz Junior, de 34 anos, foi condenado nesta quarta-feira, 23 de junho a 20 anos e 10 meses em regime fechado e seis meses de detenção pelo assassinato do boliviano Alfredo Rengel Weber, de 48 anos, mais conhecido como “Ganso”, ocorrido no dia 23 de fevereiro de 2019, na estrada que liga Corumbá à Puerto Quijarro, dentro de uma ambulância. O júri iniciou às 07h30 e encerrou as 19h.

De acordo com as apurações da Corregedoria da Polícia Civil o boliviano foi esfaqueado em uma festa na Associação de Criadores de Gado na Bolívia e depois socorrido, sendo levado de ambulância para Corumbá e como ele não morreu, Fernando foi atrás da ambulância e no trajeto matou Ganso a tiros.

Fernando, ex-titular da Delegacia de Atendimento à Infância e Juventude de Corumbá, que está preso em Campo Grande, desde junho de 2019, quando foi alvo de operação da Corregedoria da Polícia Civil, foi ouvido por videoconferência.

No Tribunal de Júri em Corumbá estavam as testemunhas da defesa que foram ouvidas e os jurados (sendo cinco mulheres e dois homens) que fizeram o julgamento com o magistrado responsável pelo caso, André Luiz Monteiro que avaliou pedidos tanto da defesa do delegado quanto do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul).

O delegado vai responder por homicídio doloso duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, coação a testemunha e fraude processual. Também foi aplicada a norma do concurso material de crimes, quando a pessoa agride a lei penal mais de uma vez ao mesmo tempo, aumentando o tempo de prisão.

Em contato com o Capital do Pantanal Fernando disse que vai recorrer a decisão.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no Rio Paraguai fez sete vítimas; cinco corpos foram encontrados até o momento
Dia do Professor
Façanha destaca papel do professor no período pós-pandemia

Mais Lidas

Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais
Estudo em andamento
Plano de transporte intermunicipal de MS vai passar por mudanças em 2022
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale