Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Defesa Civil monitora nível do rio Paraguai na região do Porto da Manga

14 abril 2018 - 08h25Prefeitura Muniipal de Corumbá

Monitoramento apurou comportamento do nível do rio nas regiões do Porto da Manga, Curva do Leque e Passo do Lontra (Foto: Divulgação/PMC) Monitoramento apurou comportamento do nível do rio nas regiões do Porto da Manga, Curva do Leque e Passo do Lontra (Foto: Divulgação/PMC)

A Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil de Corumbá segue com o monitoramento dos níveis do rio Paraguai. Nesta quinta-feira, 12 de abril, uma equipe do órgão – com apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável – realizou um levantamento quanto às condições do avanço das águas nas principais vias terrestres e de acesso ao Porto da Manga, Curva do Leque, Passo do Lontra e regiões adjacentes.

O diretor-executivo da Defesa Civil, Isaque do Nascimento, explicou que o trabalho permitirá a produção de um relatório diagnóstico sobre o comportamento da altura das águas do rio Paraguai naquelas regiões. “Vai apontar os possíveis impactos dessa inundação gradual que se processa no rio Paraguai e seus tributários no funcionamento regular das comunidades, empreendimentos diversos, setor turístico e pecuário que se localizam próximos ou utilizam essas estradas para o desempenho de suas atividades”, disse ao destacar que o monitoramento segue determinação do prefeito Marcelo Iunes.

Além de garantir a sequência da operação de monitoramento, a ação realizada pela Defesa Civil de Corumbá tem o propósito de subsidiar o Executivo Municipal, bem como outros segmentos da sociedade corumbaense, no que diz respeito às medidas preparatórias e de respostas ao evento adverso que vem se evoluindo. Também permite a inserção dos dados apurados no Sistema de Informações sobre Desastres, em níveis estadual e federal.

Nesta sexta-feira, 13 de abril, o nível do rio Paraguai encontra-se estacionado em 4,66 metros na régua de Ladário, do Serviço de Sinalização Náutica do Oeste, do 6° Distrito Naval da Marinha do Brasil.

Ações anteriores

Em 19 de março deste ano, a Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil de Corumbá emitiu o primeiro boletim de alerta de risco de inundação de 2018, que apontava – conforme levantamento realizado in loco – risco moderado. O acompanhamento indicou que uma inundação gradual do rio Paraguai vinha se desenvolvendo nos últimos meses. 

Em fevereiro, uma equipe da Prefeitura de Corumbá percorreu, de barco, todo o trecho do Porto Geral até a Barra do São Lourenço. Foi realizado o mapeamento das famílias ribeirinhas e também realizado um diagnóstico de avaliação sobre a inundação do Rio Paraguai na região do alto Pantanal.

O trabalho consistiu no deslocamento até as comunidades, visitando suas casas desde nossa saída do Porto Geral até a Barra do São Lourenço, passando pelas regiões do Tuiuiú, Piúval, Capim Gordura, Domingos Ramos, Castelo, Ilha Verde, Paraguai Mirim, São Francisco, Mato Grande, Bonfim, São Pedro, Chané, Amolar e Barra do São Lourenço. Foram aproximadamente 220 quilômetros percorridos em cinco dias.

Histórico

Segundo a fundamentação da EMBRAPA Pantanal, historicamente quando o nível máximo do rio Paraguai, em Ladário, se iguala ou supera o nível de alerta de enchente, que é de 4,0 metros, o ano é considerado de cheia no pantanal, caso contrário, como sendo de seca. Quando o pico de cheia fica compreendido entre 4  e 4,99 m, como sendo de cheia pequena, entre 5 e 5,99 m como de cheia normal e igual ou superior a 6,0 m como cheia grande ou super cheia.

É importante destacar o registro das três maiores cheias já ocorridas: em 1988 ocorreu a maior cheia já registrada em nossa região, com 6,64 metros; em 1905 a segunda maior cheia, quando foram registrados 6,62 metros; e em 1995 a terceira maior cheia, com 6,55 metros na régua de Ladário.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEGURANÇA PÚBLICA
Vereadora reivindica aumento do efetivo de policiais civis e militares na região
ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA
Município reforça enfrentamentos às violações de direitos de crianças e adolescentes
GERAL
Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
VACINAÇÃO
Poliesportivo está aberto para repescagem e aplicação de segunda dose da vacina da Covid-19
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial
SAÚDE
Mato Grosso do Sul recebe nesta sexta novo lote de vacinas da Coronavac
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Bombeiros socorrem vítimas de colisão de carros no Centro
PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS FLORESTAIS
Bia Cavassa trata com Tereza Cristina sobre recursos para capacitação de brigadistas
OPORTUNIDADE
IEL tem 91 vagas de estágio para Campo Grande, Camapuã e Corumbá
POLICIAL
Polícia Federal apreende cocaína na parte alta de Corumbá

Mais Lidas

POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS
POLICIAL
PM apreende droga, plantas de maconha e prende autor de tráfico
POLICIAL
PM evita suicídio de homem, e o prende após violência doméstica
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos