Menu
quinta, 06 de maio de 2021
Governo - O Estado que cresce - Maio
Geral

Defensoria e Governo de MS debatem superlotação da Máxima

19 maio 2016 - 10h55Correio do Estado
Superlotação do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande “Jair Ferreira de Carvalho”, foi debatida em audiência de conciliação que aconteceu ontem (18), como parte de ação proposta pela Defensoria Pública contra o Governo de Mato Grosso do Sul para cobrar solução ao problema. A unidade prisional que foi construída com capacidade para abrigar 642 detentos, hoje tem 2.398, número quase quatro vezes maior que o limite. A Defensoria propõe que o Estado aloque verbas para a construção de quantos presídios forem necessários para resolver a questão da superlotação. Até lá, quer que somente seja admitido um preso no presídio para cada dois internos que deixarem a unidade. A audiência reuniu o defensor público Fábio Rogério Rombi, a promotora de Justiça Jiskia Sandri Trentin, o diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Ailton Stropa Garcia, o Procurador do Estado Adriano Aparecido Arrias de Lima, sob a presidência do magistrado. Segundo o juiz David Filho, o resultado foi positivo porque ambas as partes se mostraram abertas ao diálogo e dispostas a solucionar a questão. “Como sempre, o entrave está na existência de recursos. Para tanto, o posicionamento do governador Reinaldo Azambuja será decisivo, pois ele é o ordenador de despesas e cabe a ele estabelecer as prioridades da administração pública”, frisou o magistrado. Outra audiência está marcada para o dia 30 de junho, às 14h, para que seja apresentada posição oficial do Governo sobre a ação. “A situação descrita na inicial, se for verdadeira, é desumana e certamente irá sensibilizar o Sr. Governador, pois é assustador pensar que no espaço de 6 m², ou seja, o tamanho de um banheiro, convivam quatro pessoas, dentre as quais muitas de difícil convivência”, disse o magistrado. Caso não haja acordo nesta data, o juiz decidirá o pedido liminar feito pela Defensoria Pública e o processo terá seguimento até o final.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS recebe 50,5 mil doses da Astrazeneca do Ministério da Saúde
GERAL
PMA de Corumbá recebe doação de viatura da Vale para uso na fiscalização no Pantanal
SAÚDE
Prefeitura leva atendimento médico de rotina para o Porto Esperança
POLICIAL
Jovem é preso com 483 unidades de maconha no Cristo Redentor
POLICIAL
PMA apreende mais três tigres d'água em chácara
COVID-19
Vereador reforça necessidade de imunizar trabalhadores do CAC contra a Covid
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em maio podem sacar auxílio emergencial
POLICIAL
PRF apreende mais de 1,5 tonelada de maconha em MS
CIDADE
Vereador solicita informações sobre estágio de projeto de reforma do antigo mercadão
SEMANA NACIONAL DAS COMUNICAÇÕES
Wi-Fi Brasil leva internet a mais de 13 mil pontos remotos do país

Mais Lidas

POLICIAL
Assaltante é preso em flagrante no bairro Popular Velha
CONTRABANDO
PRF apreende carga com prata na BR 262 avaliada em 2 milhões de reais
EDUCAÇÃO
Senac oferece desconto de 30% em cursos EAD em diversas áreas
APOIO A SAÚDE
Vale inicia nova parceria na região com o projeto Ciclo de Saúde Pantanal