Menu
terça, 21 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Cruz Vermelha Internacional completa hoje 158 anos

08 maio 2021 - 10h38Agência Brasil

No dia de hoje (8) é celebrado o Dia Internacional da Cruz Vermelha. O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho atua em guerras e emergências, como pandemias, inundações e terremotos. Atualmente, a Cruz Vermelha tem atuado em várias partes do mundo no combate à pandemia de covid-19, em auxílio aos governos locais.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1409108&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1409108&o=node

Uma das iniciativas da Cruz Vermelha nesse período, por exemplo, foi chamada de Acesso Mais Seguro. A Cruz Vermelha no Brasil disponibilizou para o trabalho de seus agentes e também de comunidades vulneráveis quase 5 mil litros de álcool gel e 218 mil equipamentos de proteção individual (EPIs), incluindo 43 mil máscaras triplas. A entidade também tem atuado na doação de cestas básicas para populações vulneráveis.

Data comemorativa

A data escolhida para marcar o Dia Internacional da Cruz Vermelha é uma homenagem ao suíço Henry Dunant, fundador da instituição em 1863. Dunant nasceu em 8 de maio de 1828, em Genebra.

Em 1859, quatro anos antes do nascimento da Cruz Vermelha, ele socorreu centenas de soldados feridos na batalha de Solferino. Essa batalha ocorreu na cidade de mesmo nome e foi um capítulo fundamental para a unificação da Itália. Na ocasião, soldados franceses e sardos, comandados por Napoleão III, e o Exército austríaco se enfrentaram, em um sangrento combate que resultou em cerca de 6 mil mortes.

Dunant estava na região a negócios, mas acabou se envolvendo no episódio. Os médicos estavam sobrecarregados diante de tantos feridos em batalha. Não havia mais transporte para atender as vítimas, e a comida e água também rareavam. Diante da cena, Dunant contou com a ajuda de voluntárias e começou a atender os feridos. O suíço socorria a todos, independente se fossem franceses, sardos ou austríacos. Essa postura inspirou as voluntárias a cunharem a frase tutti fratelli (todos irmãos).

O ocorrido em Solferino levou Dunant a incentivar a criação de uma organização neutra e imparcial para proteger e assistir os feridos de guerra. Também propôs a criação de sociedades voluntárias de socorro para tratar os feridos. Dessa proposta surgiu as Sociedades da Cruz Vermelha Nacional e do Crescente Vermelho.

O movimento é formado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho e pelas 189 Sociedades Nacionais. Todas elas estão unidas por sete Princípios Fundamentais, são eles: humanidade, imparcialidade, neutralidade, independência, voluntariado, unidade e universalidade.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Brasil quer atrair mais investimentos privados, diz presidente na ONU
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Mudança no prazo
Saúde mantém vacinação para adolescentes em MS
Dados Estatísticos
Índices de criminalidade apresentam queda em Mato Grosso do Sul
Limpeza
Nos dias 22 e 23 tem ação de combate à dengue no bairro Cravo Vermelho
Evento Virtual
Semana Temática do Empreendedorismo acontece nos dias 28, 29 e 30 de setembro
Crime
Concen pede ação da Polícia Civil no combate ao furto de fios de energia em MS
Maratona
Prorrogadas inscrições para o Hackathon IFMS
Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento

Mais Lidas

Denúncia
Bar é fechado e proprietário é multado em R$ 5 mil por poluição sonora
Fronteira
Mulher presa com "cinturão de cocaína" receberia R$ 1.500 pela travessia
Oportunidade
Senac Corumbá abre inscrições para cursos na área da saúde
Tempo
Primavera terá La Niña de fraca intensidade, chuvas abaixo da média e muito calor