Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Covid-19: governo federal negocia 168 milhões de doses de vacina

13 março 2021 - 09h29Mariana Conte

O governo federal negocia a compra de 168 milhões de novas doses de vacina contra a covid-19. Neste total estão tratativas para a aquisição das vacinas da Pfizer, da Janssen e da Moderna.

No caso da vacina da Pfizer, foi publicada uma dispensa de licitação para a obtenção de 100 milhões de doses. Com a Janssen o mesmo recurso foi adotado, mas para um lote de 38 milhões de doses.

O Ministério da Saúde espera adquirir 30 milhões de doses com a Moderna, mas ainda espera proposta da farmacêutica.

O Executivo Federal também negocia mais 30 milhões de doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac, e de 110 milhões da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz.

Até o momento, o governo federal contratou 284,9 milhões de doses. Neste total entram as 112,4 milhões da Oxford/AstraZeneca, 100 milhões da Coronavac, 10 milhões da Sputnik V do Instituto Gamaleya em parceria com a União Química, 20 milhões da Covaxin e 42,5 milhões do consórcio Covax Facility  

O balanço foi apresentado nesta sexta-feira, 12,  em entrevista coletiva virtual de secretários do Ministério da Saúde em Brasília. Até o momento foram distribuídas 20,1 milhões de doses, sendo 16,1 milhões da Coronavac e 4 milhões da Oxford/AstraZeneca, das quais foram aplicadas 10,7 milhões.  

O secretário executivo da pasta, Élcio Franco, disse que a expectativa do ministério é vacinar 170 milhões de pessoas ainda neste ano. Nesta soma não entram públicos que não participaram de estudos clínicos, como crianças.

Sobre a compra de vacinas por estados e municípios, Franco afirmou que o ministério vai discutir o assunto com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) para avaliar se o ministério comprará lotes ou se haverá um desconto da quantidade que seria repassada pelo Executivo.

Leitos de UTI

Os secretários abordaram a demanda de municípios e estados por novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e pela manutenção daqueles abertos no ano passado diante do colapso de sistemas de saúde em diversos locais.

Segundo o secretário da Atenção Básica à Saúde, Luiz Otávio Duarte, em fevereiro havia 10,4 mil leitos de UTI para covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS). Entre março e julho, a projeção de autorizações é de 8,3 mil.  

Duarte destacou que houve mudanças na dinâmica de apoio aos leitos abertos por estados e municípios. Neste ano o ministério passou a autorizar os leitos, e não habilitar, sem pagamento adiantado, mas com repasses por mês. As autorizações em caráter excepcional vão ser mantidas enquanto continuar a situação de calamidade, com diária de R$ 1.600.

No dia 2 de março foi publicada portaria autorizando 3.201 leitos de UTI para covid-19, sendo 3.160 adultos e 41 pediátricos. Outra portaria, de 11 de março, autorizou mais 3.965 leitos de UTI para a doença, sendo 3.950 adultos e 15 pediátricos.

As autorizações a partir de abril ficam condicionadas à aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA), à análise da curva epidemiológica do estado ou município e a critérios estabelecidos nas normas do ministério.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Polícia
Três foragidos foram capturados nas últimas 24 horas
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Economia
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
Política
Em Campo Grande, vereador Luciano Costa confirma investimentos do governo em Corumbá
Prevenção
Dia D de vacinação antirrábica em Corumbá é neste sábado (25)
Campanha
IHP recebe doação de água potável para Bombeiros e Brigadistas que atuam no Pantanal
Economia
Sancionada lei que reduz ICMS da energia elétrica durante bandeira vermelha
Sujeito à Acidentes
Deputado pede ampliação dos trevos para evitar acidentes na BR 262

Mais Lidas

Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Sob Investigação
Suspeita de irregularidade no pagamento da reforma do Hospital
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus