Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Covid-19: casos ativos e internações voltam a subir e SES alerta para variantes

17 maio 2021 - 15h34Portal do Governo de MS

A maioria dos indicadores da Covid-19 em Mato Grosso do Sul voltou a subir, e a circulação de variantes em países que fazem fronteira com o Estado, acende o alerta para a manutenção dos cuidados preventivos. 

Nesta segunda-feira (17), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) anunciou mais 903 novos casos de Covid em Mato Grosso do Sul. Com este novo acréscimo, o total de pessoas infectadas desde o início da pandemia no Estado totaliza 266.139. 

Deste total, 12.542 casos são considerados ativos, estando 11.469 em isolamento domiciliar e outros 1.073 hospitalizados. 

De acordo com o boletim epidemiológico a média móvel, que oferece um panorama com base nos dados oficiais dos últimos 7 dias, indica que na última semana houve a confirmação de 1.252,9 casos diários no Estado. 

Os municípios que tiveram mais casos confirmados neste início de semana são: Campo Grande (+297), Dourados (+158), Ponta Porã (+50), Corumbá (+42) e Três Lagoas (+37). 

Diferente dos casos que voltaram a subir, os indicadores mostram uma leve queda no registro de óbitos. Nesta segunda-feira mais 28 sul-mato-grossenses entraram para estatística de mortes em decorrência da pandemia no Estado, que já vitimou 6.230 pessoas. Outros 14 estão em investigação. 

A média móvel indica a confirmação diária de 26,7 óbitos na última semana. Para se ter uma ideia, o recorde histórico é do mês passado, no dia 10 de abril essa mesma média estava em 56,7.

Ainda assim, a secretária adjunta da SES, Crhistinne Maymone, exemplificou a importância de analisar todos os dados e citou o fechamento da 19° semana, que encerrou no sábado com 205 mortes, no comparativo com anteriores. 

“Na 12° e na 13° semana que nós estávamos no pico e tivemos o decreto estadual, nós conseguimos nas semanas subsequentes reduzir o número de óbitos e de casos confirmados. Este mantra realmente é comprovado pela ciência: uso adequado das máscaras, higienização das mãos, e distanciamento social”, ponderou. 

Outro dado relevante é a taxa de contágio que até sábado, 15 de maio, estava em 0,95, mas que voltou a aumentar e está em 0,96. “Essa semana nossa tarefa é baixar essa taxa de contágio”, destacou. 

As internações também tiveram acréscimo De 928 internações registradas no dia 11 de maio, houve um aumento gradativo diário, e hoje está em 1.073. Sendo, 567 em leitos clínicos (394 públicos e 173 privados), e 506 leitos de UTI (390 públic Ainda durante a live, Maymonne alertou que existem só duas formas de controlar a doença: sendo uma delas a autoproteção, com uso da máscara, limpeza das mãos, álcool em gel e evitar exposição ao risco, e  outra a vacina quando chegar o momento de cada um, e alertou para a circulação de variantes em países vizinhos. 

"Sabemos que já há variantes ao redor do nosso Estado. Argentina e Paraguai estão com novas variantes que vieram da Índia. O que posso fazer agora? Continuar me protegendo, e se chegou o meu momento me vacinar e continuar a proteção", alertou. 

Confira aqui todos os indicadores do boletim epidemiológico Covid atualizado desta segunda-feira, 17 de maio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá