Menu
quinta, 28 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Corumbá vai seguir integralmente Decreto Estadual com novas medidas contra a Covid-19

13 março 2021 - 09h50PMC

A Prefeitura de Corumbá vai seguir integralmente as disposições do Decreto nº 15.632, assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e publicado na edição de 10 de março do Diário Oficial do Estado.

“Foi uma decisão conjunta da Assomasul. Desta forma, vamos seguir as medidas determinadas pelo Governo Estadual e, dentro de uma semana, vamos nos reunir e avaliar os impactos nas cidades”, afirmou o prefeito Marcelo Iunes.

O chefe do Executivo municipal reiterou que a população precisa compreender a importância do isolamento social para evitar a proliferação da doença. “A gente pede à população que se conscientize, que evite aglomerações, use máscaras, faça a higienização das mãos com água e sabão e também usando álcool em gel”, pontuou.

“Nós precisamos ter a consciência de não levar para casa esse vírus maldito da Covid-19. A pandemia ainda não acabou e precisamos fazer nossa parte. Peço à população, com muito carinho, que se cuide, não só de vocês, mas também dos seus familiares e seus amigos, evitando aglomerações e fazendo sempre a higienização das mãos”, finalizou o prefeito Marcelo Iunes.

Conforme estabelece o Decreto nº 15.632, o novo horário do toque de recolher, das 20h às 05 horas, entra em vigor neste domingo, dia 14, e tem validade de 14 dias, ou seja, segue de 14 a 27 de março, quando será reavaliada a situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Durante o horário do toque de recolher, somente poderão funcionar os serviços de saúde, transporte, alimentação por meio de delivery, farmácias e drogarias, funerárias, postos de gasolina e indústrias.

Aos sábados e domingos, os serviços que não são classificados como de natureza essencial terão regime especial de funcionamento. Só poderão abrir e atender o público entre 5 e 16 horas.

Fiscalização

As Secretarias de Estado de Saúde e de Justiça e Segurança Pública, com a apoio da Vigilância em Saúde Estadual, Vigilância Sanitária Estadual, Defesa Civil Estadual e Comissão de Controle Sanitário devem criar uma força tarefa por meio do Sistema de Comando de Incidentes – SCI, com objetivo de fiscalizar o cumprimento do Decreto Nº 15.632/21, que institui novas medidas de prevenção para evitar a proliferação do coronavírus, em Mato Grosso do Sul. A força tarefa deve entrar em operação a partir do dia 14 de março, junto com a vigência do decreto estadual.

Segundo o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, objetivo desta ação junto com as forças de segurança e da Vigilância Sanitária Estadual, é frear as aglomerações clandestinas que acontecem em alguns municípios. “Estamos preocupados com a situação epidemiológica do Estado. Sabemos que alguns municípios estão em situação crítica. Por isso, precisamos do apoio das forças de segurança para garantir a sustentação de ordem e da vigilância sanitária para fiscalizarem os locais que insistem em criar eventos com aglomerações”.

Para o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, os núcleos regionais de inteligência da Sejusp poderão ser utilizados nesta força tarefa. “Podemos identificar áreas quentes por meio de monitoramento. Esta ação será fundamental justamente para este momento que estamos passando. É importante lembrar que, apesar de oferecermos esse apoio, os prefeitos também têm as suas responsabilidades junto com seus os municípios”.

O Diretor de Saúde e Assessor Técnico do Corpo de Bombeiros Militar na SES, Coronel Marcello Fraiha, ressalta que o Sistema de Comando de Incidentes deverá funcionar como uma ferramenta gerencial de crises para orientar as ações da Força Tarefa. “Essa força tarefa vai contar com o apoio do Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Vigilância Sanitária Estadual, Defesa Civil Estadual e Comissão de Controle Sanitário que poderão atuar nos locais indicados pelo serviço de inteligência da Sejusp e pela SES, visando o cumprimento das regras do Decreto e do Prosseguir”. O emprego da Coordenadoria Estadual de Vigilância Sanitária será fundamental no apoio através de orientações às Vigilâncias Sanitárias municipais, destaca Fraiha.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Últimos dias de Pesca Aberta
Operação Dia de Finados da PMA intensifica fiscalização à pesca predatória
Segurança
Vereador busca informações sobre condições atuais do Arthur Marinho
Reconhecimento
Câmara de Corumbá homenageia servidores públicos pelo seu dia
Operação Hefesto
Novos focos de incêndio são identificados em pelo menos três regiões
Reunião na Anatel
Oi promete rota de redundância para descongestionar sinal de internet em Corumbá
Muito Importante
Governo pede atualização do cadastro no SUS para atendimento na Caravana da Saúde
Aviso
Atualização de sistema suspende serviços digitais do governo neste fim de semana
Tempo
Pancadas de chuva marcam últimos dias de outubro em Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital

Mais Lidas

Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Inicio do Defeso
Última semana para pesca nos rios de Mato Grosso do Sul
Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo