Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
MOBILE - Ambiental MS Pantanal - Aegea
Geral

Corumbá recebe projeto de combate ao tráfico de pessoas na região de fronteira

26 março 2018 - 09h33Câmara de Corumbá

A cidade de Corumbá está sendo beneficiada pelo Projeto de Ação Global da Defensoria Pública da União que visa combater o tráfico de pessoas nesta região de fronteira. O tema foi a pauta de um primeiro encontro realizado no período de 5 a 9 de março, foi comandado pela defensora Nathália Von Rondow, que é do Grupo de Trabalho de Combate ao Tráfico de Pessoas, além dos defensores Raphael Santoro e Daniele de Souza Araújo.

O encontro contou com as participações de representantes de diversos organismos que iniciaram um levantamento da realidade local. O projeto em desenvolvimento em Corumbá conta com a parceria da Câmara Municipal de Vereadores que se fez presente na primeira etapa dos trabalhos, representada pelo seu presidente Evander Vendramini, e seu vice Adelar Chefer dos Santos, o Gaúcho da Pró-Art.

Nessa etapa, conforme os devereadores, os responsáveis pela execução do projeto e os parceiros, iniciaram um levantamento da situação local, com encontros e pesquisas envolvendo os mais diferentes segmentos. O projeto é financiado pela ONU.

O padre Marco Antônio Ribeiro, do Comitê de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas de MS e coordenador da Pastoral da Mobilidade Humana, destacou que o trabalho iniciado é de extrema importância para o combate ao tráfego de pessoas.

Segundo ele, as ações desenvolvidas no início de março, serviram com o uma sondagem da realidade local, já preparando a sequência do projeto, cuja segunda etapa está programada para ocorrer em junho. Os trabalhos foram abertos na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e, durante o período, ocorreram pesquisas de campo, além de encontros com instituições que atuam na área.

DPU na cidade

Durante a permanência na cidade, os defensores públicos federais se encontraram com o prefeito Marcelo Iunes. Um dos assuntos tratados foi a instalação de uma unidade da Defensoria Pública da União em Corumbá. Para Marcelo, a falta de uma unidade da DPU no município prejudica o efetivo acesso à Justiça pelo cidadão carente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Azambuja cobra em Brasília reforço de vacinas para 13 municípios de fronteira
GERAL
Vereador pede flexibilização de medidas que restringe atividades de buffets e salões de festas
GERAL
Visitas em presídios de MS continuam suspensas até 26 de abril
ECONOMIA
Câmara aprova Projeto de Lei que institui REFIS para amenizar crise causada pela pandemia
PANDEMIA
Aprovada abertura de crédito adicional para custeio de 10 leitos para tratamento da Covid
GERAL
Calouros da UEMS serão recepcionados por meio de evento virtual
SAÚDE
Corumbá segue com vacinação Antirrábica
INFRAESTRUTURA
Pavimentação da Frei Mariano e recuperação da Pedro de Medeiros é solicitada na Câmara
INTERNACIONAL
Covid-19: variante britânica não causa doença mais grave, diz estudo

Mais Lidas

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Após briga, jovem é esfaqueado por padrasto no Centro América
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito
POLICIAL
Casal é preso após briga no Loteamento Pantanal