Menu
sexta, 05 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Corumbá participou da 3ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília

23 dezembro 2015 - 09h49

Corumbá participou entre os dias 16 e 19 de dezembro da etapa nacional da 3ª Conferência Nacional de Juventude, que aconteceu no Estádio Nacional Mane Garrincha, em Brasília (DF). O tema abordado foi “As várias formas de mudar o Brasil”. Cerca de dois mil delegados e delegadas de todos os estados, jovens eleitos nas etapas presenciais e digital que defenderam propostas e representaram a juventude brasileira na busca da formulação do primeiro Plano Nacional de Juventude, participaram do evento.

 

A delegação de Mato Grosso do Sul, contou com quatro representantes corumbaenses: Suellen Pereira da Costa, que representou a sociedade civil; Abdiel Alvarez de Lima, que representou a Juventude dos Povos e Comunidades Tradicionais; e os servidores municipais Jonathan França de Moraes da Cruz, que representou o poder público, e Alex Roberto Oliveira de Andrade, eleito delegado pela etapa digital, via o aplicativo da 3ConfJuv.

 

Para o gerente de Políticas para a Juventude, Jonathan França, “a presença de quatro delegados corumbaenses na etapa nacional é o merecimento pelo trabalho feito junto à nossa juventude, que participou maciçamente da etapa municipal, e que fizeram valer os seus direitos por meio das propostas criadas e da eleição de seus representantes”.

 

Diante da presença dos jovens corumbaenses na etapa nacional da conferência, o prefeito Paulo Duarte frisou da importância da participação na política pela juventude local. Conforme ele, “estes jovens tiveram a responsabilidade de representar os anseios da juventude do nosso estado em Brasília, e ficamos felizes de ver isso acontecendo, pois é o resultado de um trabalho que começou aqui em Corumbá, onde o poder público municipal sempre esteve disposto a ouvir de perto as demandas juvenis”.

 

A programação da Conferência teve como destaque a abertura do ato político com a presença da presidenta Dilma Rousseff.  Houve também uma grande diversidade de shows, como do artista Emicida, oficinas, pesquisas, materiais audiovisuais e danças produzidas por jovens de todo o Brasil.

 

Durante a Conferência, os delegados debateram e votaram propostas de políticas públicas prioritárias a serem implementadas pelos governos, em grupos de trabalho divididos entre os 11 eixos do Estatuto da Juventude: Participação, Educação, Segurança, Meio Ambiente, Trabalho, Saúde, Cultura, Esporte, Diversidade, Território e Comunicação. Outros temas foram discutidos em Arenas Livres, espaços de livre participação entre os participantes da Conferência e convidados.

 

A grande vitória certamente para os jovens de todo o Brasil, e em especial para os do Mato Grosso do Sul, foi a eleição na plenária final das três propostas de políticas prioritárias para a juventude, em que uma delas referente ao território teve sua base construída na etapa estadual com a contribuição dos membros que representavam a delegação de Corumbá, Alex Roberto Oliveira de Andrade e Adbiel Alvarez de Lima, e que foi sistematizada na etapa nacional.

 

Todas as despesas de translado, hospedagem e alimentação dos delegados e delegadas foram custeadas pela Comissão Organizadora Nacional.

 

Confira o texto das três propostas prioritárias para a juventude brasileira:

 

Segurança - Não à redução da maioridade penal, pelo cumprimento efetivo das medidas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

Território - Ampliar e acelerar o processo de Reforma Agrária e regularização fundiária, bem como reconhecimento e demarcação de terras pertencentes a povos e comunidades tradicionais, em especial das terras indígenas e quilombolas, acabando com as práticas forçadas de remoção de seus territórios. Assim, viabilizando a regularização da documentação de assentamentos já existentes, permitindo que os jovens tenham condições de permanecer ou regressar as suas terras originais, e serem assim contemplados pelos programas, projetos e ações para a juventude rural.

 

Participação - Garantir a implantação do Sistema Nacional de Juventude composto por órgãos gestores, conselhos e fundos de públicas de juventude, nas três esferas administrativas. O fundo nacional de juventude funcionará com repasses fundo a fundo definido percentualmente entres os três entes federados para direcionar as políticas e ações para a juventude em âmbito nacional, estadual e municipal.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOLETIM COVID
SES registra 23 novos óbitos por Covid, e MS já acumula 3.416 vidas perdidas
GERAL
Senadora Soraya Thronicke lembra que aprovação da PEC Emergencial também vai salvar vidas
POLÍTICA
Brasil passa a fazer parte do Protocolo de Nagoia sobre biodiversidade
PMA
Arrendatário e agrônoma são autuados em R$ 50 mil por uso de licença ambiental falsificada
SAÚDE
Com mais doses, Corumbá abre vacinação para idosos a partir de 76 anos
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco
CULTURA
Dia Nacional da Música Clássica celebra o legado de Villa-Lobos
ECONOMIA
Indústria brasileira cresce 0,4% de dezembro para janeiro
DETRAN
Número de CNHs emitidas pelo Portal Meu Detran cresce 45%

Mais Lidas

GERAL
Ministério Público denuncia servidores de Ladário por corrupção passiva
POLICIAL
Adolescente infratora é presa no bairro Maria Leite
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa mulher ferida no Maria Leite
GERAL
Bombeiros continuam buscas por homem desaparecido na região do Paiaguás