Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Andorinha Abril
Andorinha Abril
Geral

Conselho Regional de Medicina de MS celebra a pose da nova diretoria

27 março 2017 - 10h02Sylma Lima

O auditório do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul ficou lotado nesta sexta-feira (24). Entre os presentes, médicos, autoridades, familiares e conselheiros da autarquia, todos estavam ali para dar boas vindas e desejar sucesso à nova diretoria que estará à frente da entidade até setembro de 2018.

Compondo a mesa de cerimônias estavam: o senador da República, Pedro Chaves; o deputado federal Luiz Henrique Mandetta, o vice presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Mauro Britto Ribeiro; secretário estadual de saúde, Nelson Tavares; secretario municipal de saúde, Marcelo Vilela; o presidente do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul (CRM/MS), Celso Rafael Gonçalves Codorniz  e a secretária Nacional de Residência Médica (CNRM) Rosana Leite de Melo, que presidiu o CRM/MS no  período de 2015 à 2017.

Em sua explanação, Rosana Leite, agradeceu o empenho de toda equipe durante sua gestão e ressaltou que geriu o órgão com comprometimento, dignidade e ética. “Tivemos muitas dificuldades, mas também muitas alegrias, uma de nossas grandes conquistas foi a reforma e reestruturação da sede. Hoje estamos celebrando o término de meu mandato e o inicio de uma nova gestão, tenho muito orgulho de ter estado a frente deste time e tenho certeza de que deixo o Conselho em ótimas mãos”.

O presidente empossado, Celso Rafael Gonçalves Codorniz, falou sobre a pressão política que a medicina vem sofrendo  ao longo dos últimos anos e declarou estar disposto à lutar em prol da boa medicina e de uma saúde de qualidade. “Estamos vivemos um momento de batalha, onde temos programas que não exigem uma certificação de que o médico está apto para exercer a função, onde há uma abertura indiscriminada de escolas médicas sem que haja uma estrutura que garanta a qualidade de ensino. É tempo de nos unirmos e lutarmos por uma medicina boa e igualitária”.

O vice presidente do CFM, Mauro Ribeiro, frisou que o Conselho Federal está de portas abertas. “Reforço a fala do doutor Celso Codorniz, é tempo de união e harmonia. A crise da saúde é grande e é sistêmica, precisamos juntos buscar um caminho para a boa assistência da população”.

Tanto o deputado federal, Luiz Henrique Mandetta, quando o senador Pedro Chaves, se comprometeram em lutar contra o crescimento desenfreado das escolas médicas e em prol de uma saúde pública de qualidade e da boa prática medicina. Mandetta ressaltou a criação da Frente Parlamentar de Medicina e Pedro Chaves, que está na comissão de educação, frisou  que vai fazer o possível para barrar a abertura de novos cursos de medicina.

E o secretário municipal de saúde, Marcelo Vilela elogiou a atuação do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul e desejou sucesso para a nova diretoria..

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Coudet salva campeonato do Celta de Vigo e ganha destaque como treinador
JUSTIÇA
181 é ferramenta para denuncia anônima em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Reforma de escolas municipais é solicitada por vereador durante sessão da Câmara
ESPORTE
Vereador sugere transformar o Marina Gattass em espaço para esportes radicais
LÍNGUA DE SINAIS
Projeto de Lei obriga instituições a disponibilizar intérpretes de Libras na cidade
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto
COVID-19
Polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina
CIDADE
Prefeito decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Dom Martinez
POLICIAL
PM de Corumbá prende foragido da justiça e apreende arma branca
POLICIAL
Homem é preso por porte de drogas no bairro Popular Nova

Mais Lidas

POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
SEGURANÇA
Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança