Menu
quinta, 24 de junho de 2021
Governo - O ESTADO QUE CRESCE JUNHO
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Comunidade local e especialistas discutem a conservação do Forte Coimbra

18 agosto 2020 - 10h48Ascom Iphan com adaptações de Gesiane Sousa

Oficina virtual realizada nesta terça-feira (18), com comunidade local e especialistas discutem os Planos de Conservação do Forte Coimbra, localizado no Pantanal sul-mato-grossense. A iniciativa é do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Mato Grosso do Sul (Iphan-MS), em parceria com o comitê técnico estadual, contribuirá para a elaboração do dossiê de candidatura do Forte a Patrimônio Mundial.

A ideia da oficina é tornar os processos de valorização e preservação mais efetivos ao trazer para o centro das discussões o olhar das pessoas que vivenciam e ressignificam os seus bens culturais. Desta forma, insere a dimensão afetiva do Patrimônio Cultural nos Planos de Conservação dos monumentos. Durante o encontro, os técnicos do Iphan da área de educação patrimonial que atuam no estado, usarão ferramentas virtuais; nuvens de palavras e metodologias participativas, nas quais a reflexão é provocada por uma série de perguntas voltadas para fomentar a participação.

Usados por diversos países há mais de 30 anos, os planos de conservação são recomendados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para subsidiar a gestão de sítios reconhecidos como Patrimônio Mundial. Dentro das competências do Iphan, a ferramenta é usada para orientar intervenções em monumentos e demonstrar o alinhamento do país às melhores práticas internacionais de conservação dos bens culturais.

Candidatura a Patrimônio Mundial

No ano de 2016, o Iphan apresentou à Unesco a candidatura do Conjunto de Fortificações do Brasil a título de Patrimônio Mundial. São 19 edificações, fortes e fortificações construídas entre os séculos XVI e XIX. Localizadas em todas as regiões do país, testemunharam o histórico esforço para a ocupação, defesa e integração do território nacional. Dentre eles está o Forte Coimbra.

O Forte Coimbra foi o primeiro a ser erguido a partir de uma ordem da Coroa Portuguesa para a construção de fortificações militares em alguns pontos do rio Paraguai, a partir de 1775. Durante a Guerra do Paraguai (1864 a 1870), teve papel importante nas batalhas travadas, sendo fundamental para a consolidação da fronteira oeste do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
MS vai receber 150 mil doses da vacina da Janssen para estudo de vacinação e massa
POLICIAL
PM de Corumbá prende indivíduo com mandados de prisão em aberto
GERAL
Deputada Bia Cavassa comemora aprovação de piso salarial para secretários escolares
POLICIAL
Autor é preso por furto em oficina no Cristo Redentor
SAÚDE
Com cobertura em 40,06%, campanha de vacinação contra a Influenza continua em MS
SAÚDE
Novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen chega ao Brasil
INCÊNDIO
Bombeiros combatem incêndio em mata e alertam para prevenção
POLICIAL
Homem é preso por descumprimento de medida protetiva no Aeroporto
POLICIAL
PM prende indivíduos por tráfico de drogas e falsa identidade em área Central
GERAL
Atenção ao prazo: licenciamento de veículos com placas 3 e 4 vence neste mês

Mais Lidas

POLICIAL
PM atende ocorrência de abandono de criança no Cristo Redentor
POLICIAL
Delegado acusado de assassinato de boliviano vai a júri popular
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Nova Corumbá