Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Estado avalia estragos causados pela chuva em nove municípios

26 outubro 2018 - 09h52Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Em Mato Grosso do Sul nove cidades – Tacuru, Iguatemi, Coronel Sapucaia, Amambai, Paranhos, Itaquiraí, Caarapó, Jardim e Bandeirantes – já decretaram situação de emergência municipal por causa dos estragos causados pelas recentes chuvas. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) já deu iniciou às vistorias nos municípios atingidos e iniciou o suporte necessário para atender à população.

Dos locais em alerta, a Defesa Civil Estadual decretou emergência em Caarapó, Jardim e Bandeirantes. Os três municípios também já foram reconhecidos em situação de emergência pela Defesa Civil da União, o que garante mais agilidade na obtenção de recursos, sejam financeiros ou materiais.

Já as outras cidades, que possuem apenas decreto municipal de situação de emergência, como Tacuru, precisam finalizar a entrega de relatórios para que o Estado possa também decretar a situação de emergência por eles.

Conforme coordenador da Cedec, tenente-coronel Fábio Catarineli, o decreto estadual é de extrema importância, pois é por meio dele que as cidades obtêm serviços oferecidos pelos órgãos estaduais, como Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). “O Estado está atento às necessidades dos municípios e quando solicitam, fazemos a distribuição de kits de ajuda humanitária, colchões, cesta básicas, lonas, medicamentos, além da oferta de outros serviços, como a Agesul, que trabalha no restabelecimento de estradas rurais e outras ações”.

Outros dois municípios, Corumbá e Novo Horizonte do Sul, ainda estão em situação de emergência, mas não devido às chuvas recentes. “O decreto de emergência é válido por 180 dias, e é o caso dessas duas cidades. Corumbá declarou em maio, quando ocorreu a cheia do rio Paraguai. Novo Horizonte do Sul decretou em julho, por causa da chuva que atingiu a cidade”, explica.

Prevenção

A Defesa Civil disponibiliza, gratuitamente, um mecanismo de alerta para situações de emergência. Se houver previsão de tempestades – ventos fortes, raios e grandes precipitações – uma mensagem, encaminhada via SMS, garantirá que a população se proteja e se previna de possíveis danos materiais e humanitários.

Para se cadastrar basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199, e no corpo do texto escrever o CEP da localidade- apenas o número. O mesmo usuário pode cadastrar mais de um CEP pelo mesmo telefone, contanto que as mensagens sejam encaminhadas uma por vez.  A partir do cadastramento, o número do telefone e o respectivo endereço são automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas, e  sempre que houver risco de desastres naturais na região o usuário será avisado.

É possível, também de forma gratuita, cancelar o envio das mensagens a qualquer momento. “É só encaminhar um SMS para o mesmo número, 40199, com a palavra SAIR”, afirma o coordenador.

Catarineli salienta que a população precisa criar o hábito de checar a previsão do tempo.  “Precisamos criar a cultura de prevenção. É importante avaliar as condições do tempo já que, em muitos casos, essa atitude pode evitar grandes danos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal
SAÚDE
Vacinação contra a covid-19 já teve início em quase todo o país
CLIMA
Chuva forte e volumosa e temporais em SC, no PR, em MS e em SP
CULTURA
Sesc Corumbá abre inscrições para cursos de música, dança e pintura à distância
POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
COVID-19
MS ultrapassa a marca de 2,7 mil mortes e 152 mil casos confirmados de coronavírus
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Casa tem princípio de incêndio após vela de altar derreter
GERAL
Corpo de Bombeiro captura jacaré que estava andando na rua em Ladário

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal