Menu
terça, 23 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Com a chegada do Natal e troca de presentes, brinquedos devem ser higienizados

No Natal a maioria das crianças costumam ganhar brinquedos que devem ser higienizados para evitar doenças

24 dezembro 2020 - 11h13Mariana Conte

A chegada do Natal também é marcada pelos presentes e quem mais fica eufórico com eles é a criançada que na maioria das vezes querem brinquedos como lembrança. Mas com a pandemia provocada pela Covid-19, os cuidados com a higiene pessoal e de casa se tornaram ainda maiores. No entanto, a limpeza de brinquedos também deve ser prioridade, pois se mal higienizados, esses produtos podem carregar o novo coronavírus e contaminar as crianças.

Sabemos que alguns brinquedos são fundamentais no processo de aprendizagem e desenvolvimento psico-motor das crianças, mas podem se tornar reservatórios de microrganismos (vírus, bactérias ou vermes) causadores de doenças se não forem bem cuidados.

Após as brincadeiras, os brinquedos precisam ser bem higienizados e guardados de forma adequada. Isso porque vírus, bactérias, e até poeiras presentes na superfície de brinquedos não higienizados corretamente podem provocar vômitos, flatulência, diarreia, dores abdominais, viroses ou alergias nas crianças.

O médico infectologista Hilton Luís Alves Filho lembrou que na época de fim de ano e natal a troca de presentes é parte das comemorações e orientou que a fim de manter a segurança é importante certificar da limpeza dos presentes e embalagens.

“Quando falamos em brinquedos é muito importante mantê-los higienizados antes do uso evitando sempre que possível o compartilhamento entre as crianças sobretudo de outras casas. Não está muito clara ainda a capacidade de sobrevivência do vírus em objetos e superfícies e sua capacidade de infectar outra pessoa, sabendo disso cabe sempre o bom senso e a higienização preventiva”, disse ao Capital do Pantanal.

O gerente de uma loja de brinquedos, Fabiano Martins também orientou a higienização. "Com a pandemia, aqui na loja após a aquisição orientamos os pais e respoinsáveis a higienizar os brinquedos, principalmente porque as crianças costumam brincar juntas e emprestar umas para as outras", comentou. 

A dona de casa Laura Silvestre, mãe da pequena Julia, de 4 anos disse que sempre higieniza os brinquedos. “Também é preciso atenção com o ambiente onde as crianças realizam as brincadeiras, os locais onde as crianças costumam brincar, principalmente, o chão, devem ser higienizados com desinfetante, como, a água sanitária. “, a mãe ainda complementou. “Neste momento de pandemia, aqui em casa pedimos que todos evitem entrar calçando sapatos recém-usados na rua, em virtude da sujeira trazida no solado, principalmente porque temos criança e idoso em casa”, explicou. 

O infectologista ainda frisou que as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus é o uso de máscaras cobrindo boca e nariz, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% e o distanciamento social de pelo menos 1 metro e meio entre as pessoas. Porém objetos contaminados podem apresentar um risco de infecção ainda que baixo.

“O objetivo da limpeza é reduzir as chances de contágio por meio de objetos e superfícies. Então, observe quais são os utensílios que são mais tocados na sua casa e reforce a higienização com água e sabão, água sanitária ou álcool 70%”, orientou.

Saiba como limpar cada tipo de brinquedo

Brinquedos de pano ou pelúcia - A limpeza deve ser feita com água e sabão. O brinquedo deve secar bem à sombra (para não desbotar), e em dias de sol, para evitar proliferação de fungos.

Brinquedos de banho – A recomendação é secar e remover a água do interior do brinquedo após o banho, além de guardá-lo fora do banheiro para evitar fungos e bactérias.

Revistinhas e livros – Sugere-se aplicar plásticos adesivos nas capas das revistinhas e livros. Desta forma, a limpeza pode ser feita com álcool 70%.

Brinquedos de EVA – A dica é utilizar pano com água e sabão neutro e depois deixar secar bem.

Brinquedos de metal – Neste caso, os brinquedos devem ser higienizados com pano umedecido com álcool 70%, pois concentração do produto facilita a evaporação e evita ferrugens, bem como é apropriada para eliminação de microrganismos nas superfícies.

Brinquedos de plástico e borracha - Esse tipo de brinquedo deve ser colocado por 10 minutos de molho em uma mistura de água morna com vinagre ou detergente neutro. Para finalizar a limpeza, a sugestão é passar álcool 70% na superfície.

 

-- 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agenda Cultural
Programa Cine Andante divulga programação de agosto em Corumbá
Cidadania
Encerra em 31 de julho inscrições de oficinas e qualificação para crianças e jovens em Corumbá
Garantia de Recursos
Fiscalização da PF contra incêndios no Pantanal seguirá até o fim deste ano
Futebol
Técnico destaca classificação do Costa Rica no 'grupo da morte'
Oportunidade
IFMS abre 150 vagas de graduação para portadores de diploma, reingressos e transferências
Até sexta-feira
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira
No centro
Perícia encontra seringa e medicamentos no apartamento de mulher encontrada morta
Neste domingo
Ritmista da Nova Corumbá morre em colisão com carro
Até 26 de julho
Escola Sesi abre processo seletivo com 104 vagas de gratuidade na educação básica
VEM 2024
Festival de música católica tem dois sul-mato-grossenses entre os classificados

Mais Lidas

Time de Miranda
20ª edição do Amistoso da Diversidade reúne grande público no Poliesportivo
Consequência
Fumaça volta a encobrir área urbana de Corumbá
Oportunidade
Funtrab oferece mais de 4,8 mil vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
Plantão
Bombeiros registram oito incêndios urbanos nas últimas 24 horas