Menu
sábado, 17 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Cliente ameça dono de comércio com barra de ferro

26 novembro 2016 - 08h41Gesiane Medeiros

Proprietário de conveniência no bairro Popular Velha foi acordado ao som de pedradas danificando o telhado de sua casa durante esta madrugada (26), tratava-se de um cliente revoltado que havia tentado lhe dar um pequeno golpe no dia anterior.

Segundo a vítima, o cliente havia chegado a seu estabelecimento com uma nota de R$ 5 para comprar cerveja, ao receber o troco de R$1,25, o comprador afirmou que o valor estava errado, pois teria dado R$ 10 para pagar a bebida. O dono do comércio provou através das imagens das câmeras de vídeo monitoramento que ele estava enganado quanto ao valor. Para a vítima, essa foi a motivação para a ação do autor, que foi localizado a cindo quadras do local, pela própria vítima, que ainda foi ameaçada com barra de ferro. A Polícia Militar foi acionada, compareceu no local e levou os dois para Delegacia de Polícia Civil.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no próprio site
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Cassems realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas no dia 22
GERAL
UFGD e Prefeitura de Ladário querem ampliar projetos na Base Baía Nega
ACESSIBILIDADE
Projeto de Lei obriga símbolo do TEA em placas de atendimento prioritário
GERAL
Prazo para preenchimento do PGDI começa nesta quinta-feira
DIREITOS HUMANOS
Agressões contra crianças aumentaram na pandemia, diz especialista
GERAL
Projeto de Lei prevê publicação de lista de espera de procedimentos médicos na internet

Mais Lidas

COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
OPERAÇÃO
Polícia Federal investiga fraude em Concurso Público
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos