Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Centro Boliviano fortalece integração para festa da Virgem de Urkupiña

17 agosto 2019 - 12h54Prefeitura de Corumbá

O convite para a festa que vai celebrar Nossa Senhora de Urkupiña - padroeira da integração nacional boliviana – foi entregue ao prefeito Marcelo Iunes. Embora a data da Santa seja celebrada em 15 de agosto, a comunidade boliviana radicada em Corumbá fará a comemoração no domingo, 25 de agosto.

Ao formalizar o convite ao chefe do Executivo Municipal, Jimmy Antezana Rojas, presidente do Centro Boliviano-Brasileiro Beneficente, Cultural e Recreativo 30 de Marzo, destacou o caráter de integração cultural e até mesmo religiosa entre corumbaenses e moradores das cidades fronteiriças de Puerto Quijarro e Puerto Suárez que a celebração proporciona.

“Nosso povo busca a integração Brasil-Bolívia, somos cidades gêmeas. Não há barreiras na fronteira entre Quijarro, Puerto Suárez e Corumbá”, disse o presidente do Centro 30 de Marzo. A festa, que tem entrada franca, será na praça Nossa Senhora de Urkupiña – que fica na esquina das ruas Edu Rocha e Cuiabá – e começa às 08h30 com missa. A programação cultural prevê atrações musicais e danças folclóricas.

O prefeito Marcelo Iunes agradeceu o convite e destacou a forte integração existente entre os povos de Corumbá das cidades bolivianas que fazem fronteira com o município. O chefe da Casa Civil da Prefeitura, Luiz Antônio da Silva, e o líder comunitário para integração dos povo de Puerto Quijarro e Corumbá, Jimmy Antezana Ayala.  

A história

 Os festejos da Virgem de Urkupiña (que em quechua significa "já está no céu") são originários da cidade de Quillacollo, no estado de Cochabamba. Contam que na época colonial, uma pequena menina ajudava a seus pais pastoreando ovelhas. Certo dia apareceu para a pastorinha uma formosa e deslumbrante senhora que carregava em seus braços um menino, a qual se converteu em sua amiga.

Para a menina o conversar com a senhora, e brincar com o menino, converteu-se em algo natural. Ao chegar a sua casa, contou aos seus pais sobre a bela senhora; que surpresos ouviram a sua filha relatar a forma em que “a senhora” apareceu.

Os pais da pastorinha estranharam e compartilharam o fato com o sacerdote da paróquia e alguns vizinhos, quem decidiram verificar a veracidade do relato da menina. Um dia 15 de agosto, de surpresa, apareceram os pais e alguns vizinhos no lugar onde a menina pastoreava suas ovelhas. Grande foi a surpresa quando viram a pastorinha acompanhada da Senhora e seu filho. O assombro e incredulidade se apoderaram da gente, quando viram que lentamente a senhora e o menino começaram a subir aos céus.

Nesse lugar, construiu-se o templo da Virgem, que desde aquela época é venerada pelo povo boliviano. Atualmente se levou a imagem ao templo Matriz de Quillacollo até onde chegam peregrinos de toda Bolívia para louvar à Virgem Maria de Urkupiña, patrona da integração Nacional. Com informações do site Bolívia Cultural.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
INSS: prova de vida de aposentados é suspensa até fevereiro

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal