Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Carro que seguia de Corumbá é flagrado com armamento e munições de uso restrito

04 novembro 2016 - 08h53Gesiane Medeiros

Apreensão realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), ontem (3), no KM 600 da BR 262, altura do município de Miranda, apreendeu grande quantidade de fuzis, munições e carregadores de uso proibido. O calibre do armamento apreendido é utilizado pelas Forças Armadas e estavam escondidos em fundo falso de caminhonete, com placas de Goiânia (GO) e seguia de Corumbá com destino a Campo Grande. 

A quantidade surpreendeu os policiais pelo alto poder de fogo. O compartimento que ficava próximo ao motor do carro foi descoberto após horas de trabalho e com ajuda de mecânicos, lá estavam dezenas de peças de armas, milhares de munições para fuzis e armas de uso restrito, além de dezenas de carregadores para armas automáticas.

A quantidade de munições e armas de uso restrito surpreender aos policiais. Foto: Divulgação

O veículo Ford/F250 era conduzido por um homem, D.G.S. de 28 anos, que declarou ter pego a caminhonete já “preparada” em um lugar próximo à rodoviária de Corumbá de um terceiro desconhecido e levaria até a capital, mas não informou mais detalhes sobre o crime, fazendo uso do direito de se manifestar em juízo.

Em razão dos armamentos estarem todos desmontados em dezenas de partes foram necessárias várias horas para que se identificasse o modelo e o calibre. Ao todo foram apreendidos três fuzis calibre 7,62mm; cinco fuzis calibre 5,56mm; três pistolas de calibre 9mm e da marca Glock.

Ao todo foram encontrados a surpreendente quantidade de 3.850 munições de guerra. Divididas em 450 de calibre 9mm; 745 de calibre 352; 2.190 de calibre 556; 460 munições de calibre 762; 55 carregadores (9 carregadores de pistola marca Glock, 5 carregadores de fuzil, 38 carregadores de carabina e 3 carregadores de calibre e marcas desconhecidos).

O motorista foi preso e apresentado na Delegacia da Polícia Civil. Todo armamento foi apreendido sob proteção e guarda especial.

Pena para o crime de Tráfico Internacional de Armas

Conforme o Estatuto do Desarmamento o crime da entrada de armamento sem autorização é de reclusão de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, mas no caso de o armamento, acessório ou munição ser de uso proibido a pena é aumentada da metade.

A utilização de armas de calibre proibido está relacionada a crimes graves como assaltos a bancos, carros fortes e enfrentamento às Polícias, geralmente para aumentar o poder de fogo do Crime Organizado.

A apreensão de armas realizadas pela Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul somente no ano de 2016 já foram apreendidas mais de 6.000 (seis mil) munições e 53 armas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado