Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda

10 abril 2021 - 10h39Da Redação

Na próxima segunda-feira (12) terá início a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A meta do Governo Federal é imunizar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários até o dia 9 de julho, data de encerramento da campanha. Ao todo serão distribuídos 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente, produzida pelo Instituto Butantan, para imunização do público-alvo.  

Confira o calendário:  

Primeira etapa (12/4 a 10/5) - Crianças (6 meses a < de 6 anos) Gestantes Puérperas Povos indígenas Trabalhadores da saúde  

Segunda etapa (11/5 a 8/6) - Idosos com 60 anos e mais Professores  

Terceira etapa (9/6 a 9/7) - Comorbidades Pessoas com deficiência permanente Caminhoneiros Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso Trabalhadores portuários Forças de segurança e salvamento Forças Armadas Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade População privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas  

Imunologista e cooperada da Unimed Campo Grande, Dra. Maria das Graças de Melo Teixeira Spengler, afirma que as vacinas são poderosas ferramentas para controlar e eliminar doenças infecciosas que ameaçam a vida e explica que com a pandemia da Covid-19, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomenda, e alerta, sobre a importância de manter em dia a vacinação de rotina. “A descontinuidade com o calendário vacinal pode aumentar o número de indivíduos suscetíveis à doença, e a probabilidade de surtos por doenças evitáveis por vacinas. Isso acarretaria em uma sobrecarga ainda maior no sistema de saúde”.  

Dra. Maria ainda diz “as vacinas estimulam a produção de nossas defesas, por meio de anticorpos específicos. Assim, elas ensinam o nosso organismo a se defender de forma eficaz, e quando o “ataque” de verdade acontece, a defesa é reativada por meio da memória do sistema imunológico. É isso que vai fazer com que a ação “inimiga” seja muito limitada ou, como acontece na maioria das vezes, totalmente eliminada, antes que a doença se instale”.  

Vale ressaltar que a vacina contra influenza não tem eficácia contra o novo coronavírus, porém, neste momento de pandemia, previne o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.  

Covid-19   

O Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das vacinas Influeza e Covid-19 simultaneamente. A orientação do órgão é que pessoas dos grupos prioritários para a vacinação contra influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19, priorizem a dose contra o coronavírus e agende a vacina contra a Influenza, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.  

Para se vacinar, basta procurar o posto de saúde mais próximo, munido de documento oficial com foto, cartão do SUS e sua carteira de vacinação.  

Importante nesse momento continuar com todas as medidas de biossegurança, como o distanciamento social (1,5m), a higiene adequada das mãos e o uso constante de máscaras, medidas fundamentais de cuidado.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida