Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Campanha 16 Dias de Ativismo foi aberta nesta sexta-feira em Corumbá

26 novembro 2016 - 10h19Redação

Corumbá abriu nesta sexta-feira, 25, a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. As atividades estão a cargo da Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, e serão coordenadas pela Gerência de Políticas para a Mulher e pelo Centro de Referência de Atendimento a Mulher em Situação de Violência (CRAM), em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.

A campanha vai até o dia 10 de dezembro e visa fortalecer o diálogo entre as autoridades e a sociedade, em busca do rompimento das situações de violência com que as mulheres vivem no seu dia-a-dia.

A campanha foi aberta com uma panfletagem na Rua Frei Mariano esquina com a Treze de Junho. Já no dia 29 acontece uma Roda de Conversa ”Violência contra a Mulher Negra”, às 08 horas, no auditório do IPHAN, com as presenças da Defensora Pública Camila Frausino; Ednir de Paulo (do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Presidente do IMNEGRA), e Creuza da Matta, professora de História e Geografia).

No dia 09 de dezembro, das 08 às 11 horas, está marcado o Encontro da Rede de Atendimento à Mulher no Plenário do Júri do Fórum da Comarca de Corumbá, com participação do Defensor de Atendimento à Mulher Edimilson Barbosa Ávila; secretária Roseane Limoeiro, de Educação, e da major Katiane Almeida, da Policia Militar.

A campanha

Realizada desde 1991, em 180 países, a campanha busca estabelecer um elo simbólico entre violência contra as mulheres e direitos humanos, enfatizando o fortalecimento da autoestima da mulher e seu empoderamento como condições para romper com as situações de violência. Por essa razão, no Brasil, a campanha adota como slogan “Uma vida sem violência é um direito das mulheres!”.

16 Dias

Os movimentos feministas e de mulheres escolheram o período compreendido entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro, como marco da campanha, justamente devido às quatro datas significativas na luta pela erradicação da violência contra as mulheres e garantia dos direitos humanos, inseridas nestes 16 dias.

A abertura da campanha acontece nesta sexta-feira, 25, data em que é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres. Já o encerramento, em 10 de dezembro, marca o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Durante este período, a campanha lembra o Dia Mundial de Combate à Aids, em 1º de dezembro, bem com o Dia do Massacre de Mulheres de Montreal, que fundamenta a Campanha Mundial do Laço Branco: “Homens pelo fim da violência contra a mulher”, que acontece no dia 06 de dezembro.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Autor de atropelamento na Rio Branco é comissionado da Prefeitura de Corumbá
SAÚDE
Corumbá leva vacina contra a Covid-19 para a região do Taquari
POLICIAL
PMA apreende 1.289 kg de droga com adolescente paraguaio
TURISMO
Turismo de MS participa de webinar nesta quarta-feira e se aproxima do mercado irlandês
PROTESTO
Ciclistas fazem protesto após morte de empresária na Rio Branco
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial
SAÚDE
Anvisa autoriza importação excepcional da vacina Sputnik V
CIDADE
Na busca pelo equilíbrio e razoabilidade, Prefeitura autoriza funcionamento do comércio
CORONAVÍRUS
Com 25 mil casos em 15 dias, junho pode bater recorde de infectados por covid em MS
GERAL
Homem sofre queda de telhado e fica ferido

Mais Lidas

GERAL
Donos de pizzaria em Corumbá investem em dark kitchen do Divino Fogão
GERAL
BR 262: Sem acostamento caminhão tomba saindo da estrada
LUTO
Professor de tênis Orlando Papa morre vítima da Covid-19
EDUCAÇÃO
Segue aberto período de inscrições para cursos do Pronatec/MS