Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Caminhada "Maio Amarelo" chama atenção para segurança no trânsito

24 maio 2018 - 14h00Assessoria PMC

Com a participação de alunos das redes pública e particular de ensino, a caminhada “Maio Amarelo”, realizada na manhã desta quinta-feira, 24 de maio, buscou mobilizar a população em torno da questão da segurança viária e propagar a conscientização em torno de um trânsito seguro para pedestres e condutores.

Promovida pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), a caminhada teve o intuito de passar a importância do respeito às leis de trânsito. “Estamos envolvendo alunos e crianças, que são nossos futuros condutores, para passar essa mensagem do trânsito seguro. Com essa geração que está por vir, acredito que conseguiremos resultados melhores no que tange a trânsito, mobilidade urbana e respeito à mobilidade urbana no trânsito”, disse o diretor-executivo da Agetrat, Cleiton Douglas da Silva.

Ele lembrou ainda que as atividades do Maio Amarelo também vão incluir as autoridades bolivianas. “Teremos uma atividade conjunta, uma blitz educativa justamente na linha de fronteira, junto com a policia nacional boliviana, para demonstrar que estamos juntos na segurança do trânsito”, antecipou do diretor-executivo da Agência Municipal de Trânsito. A blitz educativa na fronteira está marcada para a manhã do sábado, dia 26.

A caminhada percorreu as principais ruas da área central da cidade até o Jardim da Independência. Na rua Frei Mariano, entre as ruas Dom Aquino e 13 de Junho, os participantes fizeram um minuto de silêncio em lembranças as seis vítimas fatais do trânsito corumbaense neste ano. 

 

A campanha “Maio Amarelo 2018 – Nós Somos o Trânsito” foi aberta oficialmente no dia , 02 de maio, pela Prefeitura de Corumbá. Ação coordenada entre Poder Público e sociedade civil, a iniciativa busca mobilizar a população em torno da questão da segurança viária e propagar a conscientização em torno de um trânsito seguro para pedestres e condutores.

O objetivo do “Maio Amarelo” é lembrar as pessoas de algumas regras básicas e fazer com que respeitem a legislação de trânsito. Busca a campanha reforçar a necessidade de respeitar normas simples e cotidianas de trânsito como, por exemplo, o pedestre atravessar na faixa; o motociclista não se espremer por entre os carros os carros ou fazer ultrapassagens arriscadas e jamais dirigir depois de ter ingerido bebida alcoólica.

Maio Amarelo

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. O trânsito deve ser seguro para todos em qualquer situação. Porque maio? Foi uma proposta da ONU quando decretou a década de ação para segurança no trânsito em 11 de maio de 2011. Porque amarelo? A cor amarela foi escolhida por ser a cor da advertência no trânsito, sinal de alerta aos motoristas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19