Menu
quinta, 22 de abril de 2021
Andorinha Abril
Andorinha Abril
Geral

Câmara cobra fiscalização em torno do transporte clandestino de passageiros

08 junho 2017 - 09h07Assessoria Câmara Municpal de Corumbá

O transporte clandestino de passageiros, praticado principalmente por veículos de origem estrangeira, tem sido discutido constantemente na Câmara de Corumbá, com os vereadores cobrando maior fiscalização por parte das autoridades responsáveis.

O assunto foi debatido com intensidade na terça-feira, 06, quando o vereador Baianinho (PSDB) entrou com um requerimento solicitando por parte da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), que seja realizada uma intensa fiscalização contra o transporte ilegal de passageiros, que tem sido praticado por veículos com placas da Bolívia.

Esta situação já havia sido alvo de denúncia por parte do vereador Tadeu Vieira (PDT) e outros vereadores da Casa de Leis que, também na terça, recebeu o presidente do Sindicato dos Taxistas de Corumbá, Cláudio Rodrigues (Amaral) que, entre outros temas, pediu apoio do Poder Legislativo para combater o transporte ilegal praticado por taxistas bolivianos.

“Pela primeira vez estou vendo os vereadores batendo em cima do transporte clandestino de passageiros por parte de veículos bolivianos. Acompanho as sessões da Câmara já há algum tempo e, agora, nesta legislatura, o assunto está sendo discutido pela Casa”, disse Amaral, pedindo apoio para que esta fiscalização ocorra.

“Precisamos da ajuda da Câmara. Os taxistas bolivianos estão dominando. Quem quiser ver, é só passar pela rodoviária nos horários de chegada de ônibus de São Paulo”, denunciou, informando que já tratou desse assunto também com os Ministérios Público Federal e Estadual.

200 veículos

Os vereadores Tadeu e Baianinho denunciaram que, hoje em Corumbá, cerca de 200 veículos com placas da Bolívia, estão praticando o transporte ilegal de passageiros. Segundo eles, grande parte está radicado em Corumbá, trabalhando de forma clandestina.

“Estamos aqui para defender os interesses dos trabalhadores, dos taxistas, dos mototaxistas. Esta concorrência é desleal e só vamos vencer com união”, pegou Baianinho.

“É um problema antigo. A classe merece respeito. Temos que buscar uma solução e, se for o caso, convocar a Agetrat, a Procuradoria Geral do Município, e tratar desta situação. Isto tem afetado não só taxistas, mas os mototaxistas e também o transporte coletivo de passageiros”, afirmou Tadeu, sugerindo inclusive o aumento do número de agentes de trânsito com utilização de guardas municipais.

O vereador e presidente da Câmara, Evander Vendramini (PP), afirmou que os vereadores não são contra quem trabalha. “Temos que buscar uma solução. Se querem trabalhar aqui, que sigam legislação brasileira. O que não pode é continuar esta concorrência desleal, prejudicando quem trabalha de forma regular, pagando seus impostas, taxas de serviços, enfim, dentro da legalidade”, comentou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Coudet salva campeonato do Celta de Vigo e ganha destaque como treinador
JUSTIÇA
181 é ferramenta para denuncia anônima em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Reforma de escolas municipais é solicitada por vereador durante sessão da Câmara
ESPORTE
Vereador sugere transformar o Marina Gattass em espaço para esportes radicais
LÍNGUA DE SINAIS
Projeto de Lei obriga instituições a disponibilizar intérpretes de Libras na cidade
ECONOMIA
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto
COVID-19
Polícia investiga empresa por fraude em oferta de vacina
CIDADE
Prefeito decreta luto oficial de três dias pelo falecimento de Dom Martinez
POLICIAL
PM de Corumbá prende foragido da justiça e apreende arma branca
POLICIAL
Homem é preso por porte de drogas no bairro Popular Nova

Mais Lidas

POLÍTICA
Câmara aprova projeto de lei que torna escolas serviços essenciais
MUDANÇAS NO CTB
Nova Lei abranda infração para motociclistas sem viseira ou óculos de proteção
GERAL
Vereador solicita recuperação da 21 de Setembro, após intervenções da Sanesul
SEGURANÇA
Tiradentes: no dia do patrono das polícias, Governo destaca investimentos na segurança