Menu
sexta, 15 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Câmara aprova e Orçamento de Corumbá para 2021 será de R$ 645,18 milhões

16 dezembro 2020 - 08h52Assessoria de Comunicação da Câmara

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou o Projeto de Lei que estima a receita e fixa da despesa do Município de Corumbá para o próximo exercício financeiro, e o Orçamento para 2021 será de R$ 645.187.345,00, importando o Orçamento Fiscal em R$ 417.158.000, e o Orçamento da Seguridade Social em R$ 228.029.345,00.

O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade pelos 11 vereadores presentes à sessão ordinária realizada ontem, terça-feira, 15, e agora retorna para sanção do prefeito Marcelo Iunes.

O valador aprovado, R$ 645.187.345,00, ficou 3,26% abaixo do valor d o exercício de 2020 que é de R$ 666.929.000,00, adequação esta representada pela previsão a menor da arrecadação dos royalties do minério de ferro, que são as compensações financeiras de recursos naturais; da CIDE (Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico); das transferências para convênios provenientes da União e do Estado, bem como pela redução na previsão de Operações de Créditos Internas, que são os empréstimos que o Município realiza dentro do país.

Além disso, o Município levou também em consideração o impacto negativo sofrido por essas receitas em razão da pandemia da Covid-19, e da forte seca que afeta a região pantaneira, o que reduziu o nível do Rio Paraguai, afetando sua navegabilidade e, consequentemente, reduzindo a capacidade de transporte fluvial o que tem dificultado o escoamento das commodities exploradas no município.

MAIOR FATIA

Novamente, a Administração Municipal priorizou o investimento e estruturação da saúde, destinando a maior fatia do Orçamento de 2021, R$ 144.841.500,00, para a Secretaria de Saúde, seguido da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos com R$ 135.273.000,00, e da Secretaria de Educação, R$ 120.099.500,00.

Pelo Projeto de Lei, as maiores adequações estão nas secretarias de Infraestrutura e Serviços Públicos, e de Finanças e Gestão, que são as pastas que geram os recursos das fontes da CIDE, dos Royalties e das operações de créditos internas.

A sessão foi comandada pelo presidente do Poder Legislativo, Roberto Façanha, e contou com as presenças de 11 dos 15 vereadores corumbaenses. Além de Façanha, estavam presentes os vereadores Tadeu Vieira, Manoel Rodrigues, Gaúcho da Pró-Art, Yussef Salla, André da Farmácia, Chicão Vianna, Haroldo Cavassa, Mohamad Abdallah, Bira e João Mário.

 

--

Câmara aprova e Orçamento de Corumbá para 2021 será de R$ 645,18 milhõesEscreva a legenda aqui

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia do Professor
Façanha destaca papel do professor no período pós-pandemia
Corumbá
Foragido é preso em ronda no bairro Generoso
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Evento
IFMS realizará Festival de Arte e Cultura 2021 de forma virtual
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale
Porto Murtinho
Mulher é multada em mais de R$ 20 mil por exploração ilegal de madeira
Agenda
Povo das Águas atende ribeirinhos da região do Taquari a partir de 24 de outubro
Atualização Vacinal
13 unidades de saúde participam do Dia D de Multivacinação neste sábado em Corumbá
Corumbá
Vereador busca recursos para atender necessidades do Conselho Municipal Antidrogas
Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais

Mais Lidas

Agenda Cultural
Marcynho Sensação se apresenta no estádio Arthur Marinho nesta sexta, dia 15
Destaque
Presídio feminino de Corumbá está na lista dos 30 melhor avaliados do país
Associação Criminosa
Segunda fase da operação Dark Card prende ex-funcionário público e empresário
Tempo
Chuvas retornam com chance de grandes acumulados para região sul do Estado