Menu
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Caixa registra lucro de R$ 2,4 bilhões no 1º semestre de 2016

13 agosto 2016 - 10h21Portal Brasil

O lucro líquido da Caixa Econômica Federal, no primeiro semestre deste ano, chegou a R$ 2,4 bilhões. No segundo trimestre, a entidade totalizou lucro de R$ 1,6 bilhão, aumento de 92,1% em relação ao trimestre anterior. O resultado teve como base o aumento das receitas, em especial, com prestação de serviços e o controle das despesas administrativas.

Em junho, a Caixa possuía R$ 2,1 trilhões em ativos administrados, com destaque para seus ativos próprios, que alcançaram R$ 1,2 trilhão, avanço de 8,4% em 12 meses.

A ampliação do relacionamento com clientes gerou aumento de 9,5% nas receitas de serviços prestados no primeiro semestre de 2016, na comparação com o mesmo período de 2015. Os principais destaques foram as receitas com contas correntes, convênios e cobrança e administração de fundos de investimento, que cresceram, respectivamente, 26,3%, 11,8% e 9,6% em 12 meses.

As ações com o objetivo de racionalizar gastos e aumentar a eficiência operacional continuaram a produzir resultados, fazendo com que as despesas com pessoal e outras despesas administrativas apresentassem evolução de, respectivamente, 4,5% e 4,2% em relação ao primeiro semestre de 2015, significativamente abaixo da inflação acumulada nos últimos doze meses, de 8,84%.

Com isso, os índices de cobertura de despesas de pessoal e administrativas apresentaram melhoria e aumentaram, respectivamente, 4,1 p.p. e 3,0 p.p. em 12 meses, chegando a 107,2% e 67,8%. O índice de eficiência operacional alcançou 53,5% ao final de junho de 2016.

Carteira de crédito

A carteira de crédito ampla apresentou saldo de R$ 691,6 bilhões, crescimento de 6,7% em 12 meses e participação de 21,8% no mercado. O crédito habitacional continua a ser o principal segmento do crédito da Caixa, com saldo de R$ 393,7 bilhões, o que representa 66,7% do mercado e evolução de 7,2% em 12 meses.

As operações comerciais com pessoas físicas e pessoas jurídicas totalizaram R$ 195,5 bilhões, com saldo estável em 12 meses. O destaque nesse segmento foi o crédito consignado, que cresceu 10,4% e fechou o mês de junho com saldo de R$ 61,4 bilhões. As operações de saneamento e infraestrutura apresentaram saldo de R$ 75,9 bilhões, avanço de 20% em 12 meses.

O crescimento das operações de habitação, saneamento e infraestrutura respondeu por 90,0% da evolução da carteira de crédito da Caixa, reforçando o seu perfil de baixo risco, sendo que tanto a evolução da carteira comercial PF quanto PJ ficaram em linha com os crescimentos dos demais grandes bancos.

No segundo trimestre, o índice de inadimplência diminuiu 0,31 p.p. e alcançou 3,20%, abaixo da média de mercado, de 3,51%. Em junho de 2016, 89,8% da carteira de crédito da instituição estava classificada nos ratings de melhor qualidade, de AA-C, mantendo o perfil histórico da qualidade da carteira.

Economia do País

Em seis meses, a Caixa injetou R$ 339,5 bilhões na economia brasileira por meio de contratações de crédito, distribuição de benefícios sociais, investimentos em infraestrutura própria, remuneração de pessoal, e destinação social das loterias, dentre outros.

A base de clientes da Instituição alcançou 85,1 milhões de correntistas e poupadores em junho de 2016, alta de 5,2% em 12 meses. A carteira de pessoas físicas chegou a 82,9 milhões de clientes, e a de pessoas jurídicas, 2,2 milhões.

A rede de atendimento da Caixa possui 61,3 mil pontos de atendimento, nos quais foram realizadas 4,1 bilhões de transações bancárias no semestre. São 4,2 mil agências e postos de atendimento, 25,5 mil correspondentes Caixa Aqui e lotéricos, e 31,5 mil máquinas distribuídas nos postos e salas de autoatendimento.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PGE
Vídeo sobre planejamento financeiro está disponível no canal da PGE/MS
SAÚDE
Fiocruz espera ter 'protagonismo' na vacinação em abril com 30 milhões de doses
NOTA MS PREMIADA
Chance de ganhar no Nota MS Premiada é 28 vezes maior do que na Mega-Sena
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
SAÚDE
Brasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido
ECONOMIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia hoje R$ 50 milhões
ECONOMIA
Banco do Brasil ajuda estados e municípios a cobrar impostos via Pix
TURISMO
Fornatur e ABEAR se reúnem para alinhar acordos com empresas aéreas durante pandemia
GERAL
Agesul conclui manutenção de muitas estradas após período de chuvas

Mais Lidas

EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
GERAL
Complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
PESCA
PMA lança e disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca