Menu
sábado, 17 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Iphan acelera imaterialidade do Banho de São João de Corumbá e Ladário

20 fevereiro 2018 - 07h38Sylma Lima
A festa agora tem registro oficial de patrimônio imaterial brasileiro. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

O  Banho de São João de Corumbá e Ladário/MS poderá ser o primeiro registro de Patrimônio Imaterial Brasileiro exclusivo de Mato Grosso do Sul, levando-se em conta que o Bem “Modo de Fazer Viola de Cocho”, registrado desde 2005, é dividido com Mato Grosso; e os Bens “Roda de Capoeira” e “Ofício do Mestre de Capoeira”, registrados desde 2008, são divididos com todos os estados brasileiros.

Desde 2013, quando do requerimento solicitado ao IPHAN em Mato Grosso do Sul ,pela Prefeitura de Corumbá, via sua Fundação de Cultura, representando expressivo grupo de detentores do BEM (Banho de São João de Corumbá e Ladário), passou-se ao minucioso processo de instrução de registro que gerou inúmeras reuniões com os festeiros e demais personagens relevantes na realização da festa como os músicos cururueiros, os dançarinos das quadrilhas, artistas e demais representantes, além de um amplo registro fotográfico e fílmico já compilado, com diversas participações in loco nos festejos dos últimos anos.

Neste ano de 2018, o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), através da Superintendência no Mato Grosso do Sul, contratou com recursos próprios a UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) para que no período de 10 meses sejam entregues 02 produtos: o Dossiê Final (documento escrito que analisa o Bem atestando suas condições para ser registrado como patrimônio nacional) e um produto audiovisual (vídeo de exposição do Bem e suas características). A equipe de pesquisadores será dirigida pela FAPEC (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), contando com alunos-bolsistas da UFMS em seus campi da capital e do Pantanal e aprofundará as pesquisas, buscando identificar e conhecer as referências culturais existentes no Banho de São João, compreender o significado da festa para quem a celebra e como ela desempenha papel central na formação da identidade cultural local.

Os produtos resultantes desta contratação serão enviados à Brasília para análise e parecer técnico do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural Brasileiro e, mediante aceitação dos mesmos, teremos o Bem “Banho de São João de Corumbá e Ladário/MS” registrado no Livro das Celebrações, como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro.

A FESTA

O Banho de São João de Corumbá/Ladário – MS, tornado já tradicional, ao mesmo tempo em que afirma e constrói a identidade cultural de dois municípios e a imagem de seu povo, contribui para a construção e consolidação de uma identidade e uma imagem regional do Pantanal Sul-Mato-Grossense.

O Banho de São João de Corumbá/Ladário – MS marca a vivência coletiva do trabalho, da religiosidade, do entretenimento e de outras práticas da vida social da região, além de outros aspectos, articulando dimensões estruturantes da vida social naquilo que se refere à experiência histórica, à memória e à identidade de parcela significativa de grupos formadores da sociedade brasileira.

Realizado na noite de 23 para 24 de junho, anualmente, envolve pelo menos 03 grandes etapas: a preparação (novenas, construção de andores, hasteamento do mastro, preparação de alimentos etc.); o Banho propriamente dito (descida da Ladeira Cunha e Cruz, prioritariamente, e “batismo” do Santo nas águas do Rio Paraguai); e a festa (retorno aos lares católicos ou terreiros afrodescendentes, com música, dança, pratos típicos e bebidas). Com informações da assessoria de imprensa do IPHAN.

Cururueiros é uma atração a parte. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
SES lança serviço de consulta a resultados de exames da Covid-19 no próprio site
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Cassems realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas no dia 22
GERAL
UFGD e Prefeitura de Ladário querem ampliar projetos na Base Baía Nega
ACESSIBILIDADE
Projeto de Lei obriga símbolo do TEA em placas de atendimento prioritário
GERAL
Prazo para preenchimento do PGDI começa nesta quinta-feira
DIREITOS HUMANOS
Agressões contra crianças aumentaram na pandemia, diz especialista
GERAL
Projeto de Lei prevê publicação de lista de espera de procedimentos médicos na internet

Mais Lidas

COVID-19
Corumbá destaca-se em número de altas a pacientes com Covid
GERAL
Salão de Beleza em Ladário pega fogo
OPERAÇÃO
Polícia Federal investiga fraude em Concurso Público
GERAL
Deputada visita Hemonúcleo de Corumbá e constata caos