Menu
sábado, 06 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Balança comercial de MS tem superávit de US$ 1,4 bi em sete meses, com destaque para o milho

06 agosto 2016 - 09h37Notícias MS

O superávit na balança comercial de Mato Grosso do Sul, no acumulado de janeiro a julho de 2016, chegou a US$ 1.415 milhões, com destaque para as exportações de milho, que aumentaram 81% de janeiro a julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 1,3 milhão de toneladas exportadas nos sete primeiros meses de 2016 e 694 mil toneladas em igual período de 2015. As informações estão na Carta de Conjuntura do Setor Externo divulgada na sexta-feira (5) pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade). Com relação ao resultado em julho de 2016, o superávit foi de US$ 185 milhões – inferior ao verificado em julho de 2015, de US$ 241 milhões. Clique aqui para fazer o download da Carta de Conjuntura do mês de julho.

“A desvalorização do dólar a partir de maio 2015 teve impacto positivo na pauta de exportações sul-mato-grossense, mas a valorização que vem ocorrendo nas ultimas semanas já reduziu as margens dos exportadores. Criando um cenário menos favorável no segundo semestre”, comentou o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck.

De acordo com o secretário, “a soja continua como principal produto exportado, seguido das exportação de celulose, mas o destaque nesse período de janeiro a julho foi a exportação de milho com 1,3 milhão de toneladas exportadas na semetre, 81% superior ao ano passado. O minério de ferro continua com tendência de estabilidade e a China representou 42% das exportações totais no semestre”. O segundo produto nas exportações do Estado ainda é a Celulose, mesmo com queda de 0,89% em relação a janeiro a julho de 2015. Em termos de volume, houve um crescimento 7,38% comparado a janeiro a julho de 2015.

Para os próximos meses, o titular da Semade já espera a influência dos Estados Unidos nas exportações de carne bovina de Mato Grosso do Sul. “A partir deste mês devemos exportar carne para EUA, com o acordo de equalização sanitário entre o Brasil e EUA. No Estado temos quatro plantas frigoríficas habilitadas para essa operação”, finalizou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos
SAÚDE
Endometriose pode afetar 10% das mulheres brasileiras

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é preso por roubo na forma tentada no bairro Maria Leite
POLICIAL
Em Corumbá três são presos com mandado de prisão em aberto
INCÊNDIO
Consultório Odontológico pega fogo no Maria Leite
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por violência doméstica no Dom Bosco