Menu
quarta, 27 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Bacias do Rio Paraná e Paraguai serão temas do 1º Seminário Estadual da Água

13 março 2019 - 07h56Sylma Lima

Aspectos relacionados aos valores ambientais, econômicos, históricos e sociais das bacias dos rios Paraná e Paraguai serão abordados durante o 1º Seminário Estadual da Água, que acontece no próximo dia 22 de março (Dia Mundial da Água), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

O seminário é uma realização da Assembleia Legislativa, do Rotary Clube de Campo Grande e da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e tem como apoiadores a ABRhidro, Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Sicredi Campo Grande, a Prefeitura de Ivinhema, Planurb e o Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul.

 “O dia mundial da água é antes de tudo, uma oportunidade de reunir esforços dos diversos setores da sociedade civil para contribuir com a conservação desse recurso. O seminário certamente ampliará esses debates, contribuindo para a troca de informações sobre a preservação dos recursos hídricos e para a implantação de novos projetos focados na conscientização e no reaproveitamento da água”, destacou o deputado estadual Renato Câmara (MDB), que é o autor do projeto de lei que criou a Semana Estadual da Água, que acontece de 16 a 22 de março.

A semana tem o objetivo de difundir um ambiente de divulgação e conscientização a respeito da preservação e reaproveitamento do recurso hídrico, além de premiar iniciativas, projetos e ações inovadores envolvendo o uso racional da água, modelos de reaproveitamento entre outras iniciativas que garantam o acesso e preservação desse recurso.

O gerente da unidade da Uems em Mundo Novo, professor doutor Leandro Marra, frisou a relevância do seminário para a difusão de um ambiente de discussão sobre a preservação dos recursos hídricos e para a criação de novos projetos focados no reaproveitamento da água. “Vejo a importância deste evento pois a capilaridade de atuação junto à sociedade, de qualquer instituição seja ela pública ou não, só é potencializada através de parcerias com outras instituições. É essa capacidade de realização de ações em parceria que resultam em eventos e atividades de sucesso. A organização do I Seminário Estadual da Água do Estado de Mato Grosso do Sul é um exemplo prático destas parcerias”, disse.

Já escritora e membro efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, Vera Tylde de Castro Pinto, destaca que o seminário também terá um importante papel para contextualizar marcos história que comprovam a relevância dos rios que cortam o Estado no processo de urbanização e desenvolvimento de MS.

“Podemos afirmar que antes das estradas de rodagem, da ferrovia e da aviação comercial os rios foram os caminhos dos pioneiros. Posteriormente, no povoamento e colonização de Mato Grosso do Sul, nossos rios representaram um manancial estratégico, tanto que os municípios nasceram às margens de pelo menos um rio das bacias hidrográficas de onde se localizavam.  A capital Campo Grande nasceu às margens dos córregos Prosa e Segredo. Bela Vista às margens do Apa, Corumbá às margens do Paraguai, Amambai às margens do Panduí, Três Lagoas e suas três lagoas, Aquidauana, Coxim, Dourados, homenageiam seus rios homônimos e tantos outros. Porto Murtinho é um exemplo, só nasceu em função do rio Paraguai, para a exportação da erva mate. Outro exemplo é Porto Morumbi, na margem direita do rio Paraná, que  foi o principal porto de entrada e saída de moradores e mercadorias da região sul de MS, e atualmente pertence ao município de Eldorado”, explicou a historiadora.

PROGRAMAÇÃO

A abertura oficial do 1º Seminário Estadual da Água acontece às 8h, com uma apresentação do coral da Assembleia Legislativa. Em seguida, o ambiente de debate será aberto com a palestra “Os compromissos do Rotary Internacional com os recursos hídricos e o saneamento”, que será ministrada pela pesquisadora em Educação e Planejamento Cláudia Maria Real Leite. Logo após, será a vez de Ana Luzia de Almeida Batista M. Abrão, mestre em saneamento ambiental e recursos hídricos, destacar o tema “A importância das unidades de conservação da natureza para os recursos hídricos”.

Já o coordenador de cartografia do Instituto Histórico e Geográfico de MS, Arnaldo Rodrigues Menecozi, ministrará a palestra “A enciclopédia das Águas: aspectos geográficos e históricos das Bacias do Paraná e do Paraguai”. Os professores Viviane Scalan Fachin e Marinete Aparecida Zacharias Rodrigues abordarão o tema “O meio ambiente e a história”.  Fechando as atividades do período da manhã, a professora Rose Mary Vargas Toledo ministrará palestra sobre “A terceira Margem”.

No período vespertino, as atividades serão retomadas às 13h30 com a palestra “As políticas públicas da Semagro para as Bacias do Paraná e Paraguai”, ministrada pelo presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) Ricardo Eboli. Em seguida, a professora Synara Olendzki Broch abordará o tema “A importância da água para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso do Sul”. Fechando o 1º Seminário Estadual da Água, o prefeito de Ivinhema Éder Uilson França, o Tuta, ministrará palestra sobre o tema “Os desafios do gestor municipal na proteção dos recursos hídricos e meio ambiente”.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o 1º Seminário Estadual da Água são gratuitas e podem ser feitas através do link http://bit.ly/seminariodaagua

I Seminário Estadual da Água Inscrição GRATUITA

O I Seminário Estadual da Água acontecerá no dia 22/03/2019, no plenário Deputado Júlio Maia da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na Av. Desembargador José Nunes da Cunha, s/n - Jardim Veraneio, Campo Grande - MS. Em caso de dúvida, problemas ou impedimentos, ligar para 67 3389-6317 ou 3389- 6316, falar com Messias ou Aline. *VAGAS LIMITADAS

Deixe seu Comentário

Leia Também

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ENCHENTE
PMA de Miranda e Defesa Civil municipal trabalham no resgate de famílias atingidas por enchentes
Geral
Curiosidade: quando foi fabricada a tecnologia Smartwatch
POLÍTICA
Presidente da Alems, Paulo Corrêa assume como governador em exercício de MS
COVID-19
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19
EDUCAÇÃO
IFMS reabre prazo de matrículas da 1ª chamada para cursos técnicos integrados
Aprovados têm até esta quarta-feira, 27, para fazer a matrícula em cursos técnicos integrados ao ensino médio. Retificação altera datas previstas para novas chamadas
EDUCAÇÃO
Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

Mais Lidas

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19