Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Azambuja pede apoio de Bolsonaro na segurança das fronteiras e revitalização da malha ferroviária

19 agosto 2020 - 08h24Gesiane Sousa com informações do Governo de MS

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aproveitou sua participação no evento de inauguração da Estação Radar, em Corumbá, nesta terça-feira (18), com a presença do presidente Bolsonaro, para pleitear apoio do governo federal em pontos importantíssimos para o Estado de Mato Grosso do Sul. Azambuja pediu pela manutenção da segurança integrada nas fronteiras e a revitalização urgente da Malha Oeste.

Em seu discurso, durante o evento, Azambuja afirmou que "quem protege as fronteiras, protege o Brasil! Esse radar com certeza vai criar as condições necessárias para nós coibirmos principalmente as entradas que nós temos hoje de entorpecentes e de ilícitos a baixa altitude que até então não poderia ser interceptada. É uma visão estratégica do nosso Estado".

Reinaldo Azambuja lembrou ainda que as forças policiais de Mato Grosso do Sul são parceiras do Governo Federal na proteção das fronteiras com Bolívia e Paraguai, sendo as principais responsáveis pela apreensão de drogas que irrigariam os grandes centros urbanos do Brasil.

"Registramos no ano de 2020 a maior apreensão de drogas da história de Mato Grosso do Sul de todos os tempos: 467 toneladas de entorpecentes nessa parceria. Isso mostra o quão importante é a integração entre as nossas forças de segurança. Somos gratos e pela parceria e pelo apoio", enumerou.

Sobre a malha ferroviária, o governador destacou que a importância da ferrovia de MS na integração latino-americana. “Se nós sairmos daqui presidente, de Corumbá, o senhor chega a Cochabamba, no país vizinho, com a ferrovia implantada e estabelecida. É possível acessar os portos chilenos, então nós teríamos com a revitalização da Malha Oeste a primeira e viabilizada integração sul-americana de Atlântico e Pacífico. Com certeza, ela traria uma grande capacidade de desenvolvimento social e de geração de oportunidade ao Brasil e, principalmente, ao Centro-Oeste brasileiro, tornando nossos produtos competitivos aos mercados internacionais", projetou.

Estação Radar

Os euipamentos instalados no aeroporto de Crumbá é composto por radares primário e secundário com capacidade de detectar aerovanes clandestinas em baixas altitudes no território aereo nacional, principalmente nas fronteiras com o Paraguai e a Bolívia, de onde vêm a maior parte da droga que entra no país. Com a Estação Radar em pleno funcionamento, a repressão ao tráfico internacional de drogas e armas ficará mais ostensivo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prorrogação
Detran-MS amplia prazos e CNHs vencidas podem ser renovadas até 2022
Campanha
Corumbá abre Semana Nacional do Trânsito; atividades vão até dia 24
Prevenção
Campanha antirrábica deve vacinar 30 mil cães e gatos
Há cinco dias
Falta de água no bairro Popular Velha revolta moradores
Denúncia
Bar é fechado e proprietário é multado em R$ 5 mil por poluição sonora
Oportunidade
Senac Corumbá abre inscrições para cursos na área da saúde
Pesquisa
Dia das Crianças deve movimentar R$ 135 milhões na economia de MS
Fronteira
Mulher presa com "cinturão de cocaína" receberia R$ 1.500 pela travessia
Calendário
Proprietário de veículos com placas final 9 devem quitar licenciamento até 30 de setembro
Leilão
Detran-MS abre visitação de 83 lotes disponíveis para desmontagem

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta