Menu
segunda, 25 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Audiência vai debater presenças de psicólogos e assistentes sociais nas escolas da Reme

27 maio 2019 - 10h03Assessoria de imprensa

A obrigatoriedade das presenças de profissionais das áreas de Assistência Social e de Psicologia nas escolas da Rede Municipal de Ensino, será debatida no dia 02 de julho, durante uma audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores.

A realização foi proposta pelos vereadores Chicão Vianna e Luciano Costa que, dias atrás, entraram com projetos de lei na Câmara, versando sobre o assunto. Antes de entrar na pauta para apreciação dos demais vereadores corumbaenses, os dois preferiram ampliar o debate, durante uma audiência pública, com participação de profissionais das áreas, bem como de outros segmentos ligados ao setor educacional, entre outros.

A proposta pela realização da audiência pública foi apresentada durante a semana passada. Será realizada no dia 02 de julho, com abertura às 17 horas, no Plenário da Casa do Barão de Vila Maria.

O vereador Chicão Vianna foi o primeiro a apresentar um Projeto de Lei que estabelece a obrigatoriedade da presença de profissionais da Psicologia na Rede Municipal de Ensino. Dias atrás, Luciano Costa também entrou com um Projeto de Lei versando sobre a obrigatoriedade das presenças de psicólogos e assistentes sociais nas escolas.

Diante disso, os dois passaram a trabalhar uma única proposta, inclusive com a ampliação do debate. A iniciativa visa discutir a importância de profissionais dessas duas áreas, visando atuação junto às famílias, corpo docente, discente, direção e equipe técnica, com vistas à melhoria do desenvolvimento humano dos alunos, das relações professor-aluno e aumento da qualidade e eficiência do processo educacional, através de intervenções preventivas.

Trânsito

Por outro lado, o vereador Chicão solicitou à direção da Agência Municipal de Trânsito e Transportes (Agetrat), a implantação de redutores de velocidade na Rua 28 de Setembro, prolongamento da Dom Aquino, entre as ruas Ladário e Cáceres, centro da cidade.

O pedido se deve ao fato de que, no trecho, veículos estão transitando em velocidade acima do permitido, não respeitando a travessia de pedestres e nem o redutor de velocidade já existente. “Por isso estamos solicitando realização de estudos, no sentido de encontrar alternativas para conter o excesso de velocidade, garantindo maior segurança aos pedestres e moradores da região, inclusive dos próprios condutores de veículos”, explicou o vereador.

Ao mesmo tempo, Chicão solicitou também à Agetrat, estudos visando implementação de sinalização de via preferencial no cruzamento existente entre as ruas João Bosco da Motta e Marechal Floriano, no Bairro Guaicurus (bifurcação em "Y"), tendo em vista as constantes confusões entre motoristas em relação à via preferencial.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHUVA
Corumbá já tem maior acumulado de chuva da história
SAÚDE
Corumbá recebe novo lote com 970 doses da vacina contra Covid-19
CIDADANIA
Prefeitura de Corumbá inicia ações da Semana da Visibilidade Trans; confira programação
COVID-19
MS apresenta 156,7 mil confirmações de coronavírus
DEFESA CIVIL
Volume de chuvas faz rio em Miranda atingir cota de emergência
EDUCAÇÃO
MEC anuncia regras para o Fies do segundo semestre de 2021
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Bombeiros atendem colisão de carro e moto no Popular Velha
ALERTA
Período de calor e chuva contribui com aumento de acidentes com escorpiões
POLICIAL
PM de Corumbá recupera motocicleta furtada antes de proprietário perceber o crime no bairro Popular
POLICIAL
Em Corumbá homem é preso por violência doméstica contra sua mãe

Mais Lidas

POLICIAL
Grupo é preso por tráfico de droga no Popular Nova
SAÚDE
Saúde começa segunda fase de distribuição de vacinas contra a Covid-19
ECONOMIA
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
TEMPO
Neste domingo Corumbá tem temperatura mínima de 23°C e máxima de 31°C