Menu
quinta, 24 de junho de 2021
Governo - O ESTADO QUE CRESCE JUNHO
Andorinha - Maio
Geral

Audiência nesta sexta debate infraestrutura e segurança das pontes do Paraguai

07 abril 2017 - 08h08Câmara Municipal de Corumbá

  Infraestrutura e segurança das pontes do Rio Paraguai serão temas de debates nesta sexta-feira, 07 de abril, durante audiência pública no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Corumbá, a partir das 15 horas.

A audiência é uma inciativa do vereador Domingos Albaneze Neto (PV) e vai reunir autoridades dos mais diferentes segmentos da sociedade que poderão debater questões importantes relacionadas às pontes sobre o Rio Paraguai existentes na região do Morrinho, rodoviária; de Porto Esperança, ferroviária, como também a existente na área urbana de Corumbá, da captação de água bruta, no Canal do Tamengo.

Segundo o vereador, este evento possibilitará um amplo debate sobre as situações dessas pontes, no sentido de se buscar soluções para os problemas já existentes, bem como prevenir futuros desastres que possam causar sérios transtornos à população pantaneira.

A audiência contará com as presenças de vereadores além de representantes da Marinha do Brasil, do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/MS), secretarias de Meio Ambiente e Infraestrutura, prefeituras de Corumbá e Ladário, armadores, além de deputados estaduais e federais.

Entre as questões que serão debatidas está a necessidade da reconstrução do dolfin na ponte da BR 262, principal acesso por terra a outras regiões do País. Um acidente ocorrido anos atrás, causou sérios problemas à estrutura da ponte e há necessidade de reconstruir o dispositivo de segurança que protege os pilares de colisões. Como isto não ocorreu, em outro acidente mais recente, o choque foi direto com os pilares, causando problemas na estrutura da ponte que foi interditada.

Outra questão está na região urbana, na ponte da captação de água, principal acesso à Bolívia, pelo rio. Domingos diz que é preciso pensar um projeto, executar as obras necessárias, para evitar desastres antes que aconteça um acidente grave, o que poderia interromper a captação de água bruta, deixando toda a cidade sem água potável.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONDENADO HÁ 20 anos
Delegado é condenado por homicídio de boliviano
GERAL
Receita Federal em Corumbá-MS destina celulares ao IFMS
GERAL
Alvo de investigações, Ricardo Salles pede demissão
GERAL
Reitora do IFMS é a nova presidente do CRIE-MS
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
CAPTURA DE ANIMAL
PMA de Corumbá captura gambá em lixeira de residência na área Central
TEMPO
Defesa Civil alerta para perigo potencial de vendaval nesta quarta-feira
CULTURA
São João do Pantanal vence primeiro concurso de Mini Andor em Corumbá
CULTURA
Com duas categorias, Prefeitura divulga resultado do Concurso de Andores Juninos
CULTURA
Fé e cura são os pedidos de devotos de São João

Mais Lidas

POLICIAL
PM atende ocorrência de abandono de criança no Cristo Redentor
POLICIAL
Delegado acusado de assassinato de boliviano vai a júri popular
GERAL
Sanesul informa que poderá faltar água em alguns bairros de Corumbá
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no bairro Nova Corumbá