Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Atuação das polícias e investimentos públicos reduzem criminalidade em 16,78% no Estado

25 junho 2019 - 08h11Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

 A atuação das forças de segurança pública e os investimentos em armas, veículos, equipamentos e treinamentos resultaram em uma redução de 16,78% no número de crimes registrados em Mato Grosso do Sul no período de janeiro a maio de 2019, em comparação a igual período do ano passado.

A maior diminuição, de 50%, ocorreu em roubos seguidos de mortes, passando de 10 casos para apenas 5 neste ano. Roubos em estabelecimentos comerciais e de veículos também tiveram quedas expressivas de, respectivamente, 38% e 28%. Todos os crimes sofreram redução na relação que leva em conta o número de habitantes.

Outras quedas registradas acima de 20% foram de roubo em via pública (-26,8%), roubo (-26,5%), roubo em residência (-20,7%) e homicídio doloso (-20,2%). Furtos em residências e de veículo tiveram retração, respectivamente, de 17,6% e 16,6%. Os dados são do Núcleo de Estatística e Análise Criminal da Superintendência de Inteligência em Segurança Pública (Sisp).

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, explicou que o resultado é fruto de um trabalho intenso de combate ao chamado tráfico “doméstico”, aquele cometido dentro do Estado, do uso da inteligência para ampliar as ações onde os índices de crimes eram mais elevados e da diminuição de presos nas delegacias, liberando policiais civis para a repreensão e investigação.

“Na faixa de fronteira, dos 12 crimes, 11 tiveram redução de dois dígitos. Na Capital também. Essa queda pode ser verificada tanto nos crimes contra a vida como nos contra o patrimônio. Isso se deve ao enfrentamento do tráfico doméstico, às ações de investigação, à redução de mais de 50% do número de presos nas delegacias, às inúmeras operações e aos investimentos do MS Mais Seguro”, afirmou.

Em 10 municípios de Mato Grosso do Sul, todos os 12 tipos de crimes sofreram queda. Foi o que aconteceu na capital, Campo Grande, e na cidade turística de Bonito. Os outros municípios com todos os crimes em queda são: Aral Moreira, Brasilândia, Deodápolis, Figueirão, Jateí, Laguna Caarapã, Maracaju e Sete Quedas.

Na Capital, os destaques ficaram por conta de roubos seguidos de morte, com diminuição de 83,5%, e de roubos em estabelecimentos comerciais, de 53,9%. O índice de homicídios culposos no trânsito recuou 31,3%; de roubos em residências caiu 28,1%; de homicídios dolosos, 28%; e roubos em via pública, 27,7%. Além disso, todos os tipos de furto tiveram queda acima de 10% em Campo Grande.

Apesar da crise financeira, Mato Grosso do Sul tem feito nos últimos quatro anos e meio, por meio do programa MS Mais Seguro, o maior investimento público em segurança da história do Estado. Foram mais de R$ 134 milhões em armas, equipamentos, videomonitoramento e viaturas para as policiais Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19