Menu
quinta, 02 de julho de 2020
Andorinha - Medidas Preventivas Coronavírus
Andorinha - medidas preventivas
Geral

Apreensão de drogas em MS sobe 61% em comparação com 2019

27 junho 2020 - 08h24Rodson Lima da Sejusp

Na Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), registra crescimento na apreensão de drogas em comparação a 2019. O aumento registrado foi de 61%, totalizando 300 toneladas de drogas apreendidas no primeiro semestre deste ano.

Para o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, as apreensões são reflexos dos investimentos realizados pelo Governo do Estado de mais de R$ 130 milhões durante o Programa MS Mais Seguro. “Traduzem o resultado agora obtido, mais de 300 toneladas de drogas apreendidas nos seis primeiros meses de 2020”.

Conforme dados da Superintendência de Inteligência de Segurança Pública da Sejusp, nos primeiros seis meses deste ano, o volume de drogas apreendido foi de 287,40 toneladas, enquanto em 2019, o número foi de 178,39 toneladas.

Isso representa um aumento de 61% nas apreensões realizadas pela Polícia Militar Rodoviária, Batalhão de Choque, Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) e o Departamento de Operações de Fronteira (DOF), que integram o Programa Vigia por meio da Operação Hórus, desencadeada pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (Seopi), do Ministério de Justiça e Segurança Pública.

Uma ação de destaque aconteceu no último dia 13. Policiais militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam um Cavalo Trator Volvo acoplado a um semirreboque carregado com 20,1 toneladas de maconha. A ação ocorreu durante um patrulhamento ostensivo na Rodovia MS-295, na região de Iguatemi. Foi a maior apreensão do DOF em seus 33 anos de criação.

Para o atual diretor do DOF, Coronel QOPM Wagner Ferreira da Silva, o aumento progressivo das apreensões de drogas é fruto da intensificação do policiamento de fronteira e de uma política estadual de forte enfrentamento aos crimes transfronteiriços apoiada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, principalmente, por meio da implementação da Operação Hórus/MS, que além de aporte logístico, também propiciou maior integração entre forças policiais estaduais e federais atuantes neste cenário.

“Enfrentar o tráfico de entorpecentes representa um serviço do Estado de Mato Grosso do Sul à sociedade brasileira, pois interrompe um ciclo criminoso, descapitaliza o crime organizado e contribui, diretamente, na diminuição da violência urbana, uma vez que o tráfico de drogas aumenta o poder financeiro das organizações criminosas, por consequência, seu poderio bélico; induz à prática de roubo e furtos, principalmente, de veículos que são utilizados para o transporte de drogas e como moeda de troca nos países vizinhos e grandes produtores de drogas”, afirma o diretor.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19
Após mortes aumentarem, população aprova medidas de proteção em Campo Grande
Covid-19
Brasil ultrapassa 61 mil mortes por covid-19
Covid-19
Ainda não é possível saber se haverá vacina eficiente para a Covid-19, diz OMS
Policial
Polícia intercepta comboio de 20 veículos com produtos de contrabando e descaminho
Covid-19
Taxa de letalidade do coronavírus é satisfatória diante do cenário nacional, pontua Trad
Covid-19
MS e Campo Grande ficam em 2º no ranking de pior isolamento social do Brasil
Policial
Traficante do ‘delivery’ é preso a caminho de uma entrega de crack
Atualização Covid-19
MS ultrapassa 9 mil infectados por Covid-19; 4.937 mil estão recuperados
Atualização
13ª morte na Capital sobe número de óbitos para 91 em MS
Sinal Vermelho
Farmácias de Corumbá e Ladário aderem campanha contra violência doméstica

Mais Lidas

Vitória
Jornalista Sylma Lima vence o Covid-19 após oito dias internada
Crime
Assassino foge após abandonar corpo de mulher em matagal do bairro Maria Leite
Sem opção
Até quando corumbaenses serão privados de transporte regular seguro?
Atualização
Corumbá tem 338 casos positivos e registra 11ª morte por Covid-19