Menu
domingo, 09 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Geral

Aneel, Agepan e Energisa vão detalhar na quinta-feira a composição da conta de luz elétrica

11 março 2019 - 09h51Assessoria de comunicação

Diante das dúvidas dos consumidores sobre os valores da conta de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, a Fiems, Famasul, Fecomércio, OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil no Estado) e Assembleia Legislativa promovem, na quinta-feira (14/03), a partir das 8h30, no auditório da Escola Senai da Construção, em Campo Grande (MS), o painel “Como é Composta a Conta de Energia”.

O evento será uma oportunidade para os empresários tirarem dúvidas e entenderem melhor os diversos itens que compõem a tarifa mensal junto a representantes da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) e Energisa. O painel será formado pelos presidentes da Fiems, Sérgio Longen, da Famasul, Maurício Saito, da Fecomércio, Edison Araújo, da OAB/MS, Mansour Elias Karmouche, e da Assembleia Legislativa, deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB).

Além disso, também participarão o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o diretor de gás e energia da Agepan, Valter Almeida, e o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Monteiro. Durante o painel, os representantes da Aneel, Agepan e Energisa detalharão a composição da conta de energia elétrica para os empresários, lembrando que para cumprir o compromisso de fornecer energia elétrica com qualidade a distribuidora tem custos que devem ser avaliados na definição das tarifas: energia gerada, transporte de energia até as unidades consumidoras e encargos setoriais.

Além da tarifa, a União, os Estados e as Prefeituras cobram na conta de luz o PIS/COFINS, o ICMS e a Contribuição para Iluminação Pública, respectivamente. Desde 2004, o valor da energia adquirida das geradoras pelas distribuidoras passou a ser determinado também em decorrência de leilões públicos. A competição entre os vendedores contribui para menores preços e, para fins de cálculo tarifário, os custos da distribuidora são classificados em dois tipos: Parcela A, que inclui a compra de energia, a transmissão e os encargos setoriais; e Parcela B, que consiste na distribuição de energia.

Entrevista coletiva

Antes do início do painel “Como é Composta a Conta de Energia”, às 8h30, os participantes estarão à disposição da imprensa para tratar de assuntos relacionados à conta de energia elétrica. A entrevista coletiva será realizada em sala anexa ao auditório da Escola Senai da Construção, quando os representantes do setor produtivo, bem como da OAB/MS, da Assembleia Legislativa, da Aneel, da Agepan e da Energisa, poderão responder os questionamentos dos jornalistas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
Várias testemunhas procuraram corpo por cerca de uma hora
SAÚDE
Cruz Vermelha Internacional completa hoje 158 anos
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
INTERNACIONAL
Pfizer deve produzir 4 bilhões de doses de vacina contra covid em 2022
GERAL
Sábado é o último dia para matrícula para aprovados da UEMS da 4ª convocação
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental resgata tucano atropelado em rodovia
SAÚDE
Centro de Atendimento à Covid-19 está funcionando em novo endereço
GERAL
Procon divulga pesquisa de preços com opções de presentes para o Dia das Mães
GERAL
Pequenos negócios são responsáveis por quase 70% dos empregos gerados em março em MS
GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde

Mais Lidas

GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde
POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Pesquisadores do Estado desenvolvem gel cicatrizante à base de planta nativa