Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Aeronáutica monta acampamento para equipe de Brasília investigar queda de avião

14 setembro 2021 - 10h13Campo Grande News

Equipes de Brasília da Força Aérea já estão em Campo Grande e já estão á campo analisando o que provocou a queda de um caça modelo Tucano A-29, conhecido como Super Tucano. A aeronave em pane caiu por volta das 11 horas da manhã de ontem na Capital, em fazenda no Anel Viário, localizada nos fundos do Coophavilla 2 e Santa Emília. 

A Aeronáutica montou acampamento na área para evitar a entrada de civis e preservar o ponto de choque, assim como as condições do que sobrou do avião. O comando segue em silêncio, sem detalhar as suspeitas sobre o que pode ter provocado o acidente.  

O Comando da Aeronáutica informa que um piloto da Força Aérea Brasileira (FAB) ejetou-se, nesta segunda-feira (13), nas proximidades de Campo Grande (MS), após detectar uma falha técnica na aeronave de caça A-29 Super Tucano durante voo de treinamento. A aeronave foi direcionada a uma região desabitada, onde colidiu com o solo.  

Informações extra-oficiais indicam que o piloto é 1º tenente, de 24 anos. Ele foi resgatado por um helicóptero H-60 Black Hawk do Esquadrão Pelicano (2º/10° GAV), passa bem e recebe acompanhamento médico.  

O Caça Super Tucano caiu em fazenda da Capital por volta das 11h de ontem. Foto: Henrique Kawaminami/Campo Grande News

Esse tipo de aeronave é usada pela Esquadrilha da Fumaça ou para vigilância da fronteira. Para ambos os casos, é exigida experiência de, no minimo 1.000 horas de voo, sendo 500 como instrutor.  

Segundo a Força Aérea do Brasil, o A-29 Super Tucano já é usado há 17 anos em missões no País. É uma aeronave monomotor, turboélice, com precisão na navegação e ataque, com a vantagem de ter baixo custo de operação.  

Em Campo Grande, é pilotado por militares do Esquadrão Flecha. è um equipamento elogiado para treinamentos porque possibilita acesso aos equipamentos especiais da aeronave, com uso de óculos de visão noturna e sensor de visão infravermelho.  

Ainda conforme a FAB, "o A-29 se fez presente em diversas operações de defesa do espaço aéreo, como nos grandes eventos ocorridos no Brasil, entre eles a Jornada Mundial da Juventude, a Copa das Confederações, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos Rio 2016. Além disso, participa da defesa aérea das fronteiras brasileiras e da interceptação de aeronaves ilícitas na região Amazônica".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Polícia
Três foragidos foram capturados nas últimas 24 horas
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Economia
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
Política
Em Campo Grande, vereador Luciano Costa confirma investimentos do governo em Corumbá
Prevenção
Dia D de vacinação antirrábica em Corumbá é neste sábado (25)
Campanha
IHP recebe doação de água potável para Bombeiros e Brigadistas que atuam no Pantanal
Economia
Sancionada lei que reduz ICMS da energia elétrica durante bandeira vermelha
Sujeito à Acidentes
Deputado pede ampliação dos trevos para evitar acidentes na BR 262

Mais Lidas

Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Sob Investigação
Suspeita de irregularidade no pagamento da reforma do Hospital
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus