Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Acusado de matar esposa e sogros naturais de MS é preso no Paraná

10 agosto 2021 - 10h39Campo Grande News

Suspeito de esfaquear a mulher, sogro e sogra, matando os três, Jean Michel de Souza foi preso nessa segunda-feira (9) pela Polícia Civil de Umuarama, cidade do interior do Paraná e onde aconteceu o crime contra a família sul-mato-grossense, que vivia no outro estado.  

Ele era marido de Jaqueline Soares, de 32 anos, e genro do empresário Antônio Soares dos Santos e de Helena Maria Marra dos Santos, ambos com 60 anos. De acordo com o site da RIC, afiliada da Record na região, o advogado dele confirmou a prisão.   

Eric da Costa afirmou que a prisão foi em flagrante e que se baseou em perícia provisória realizada na casa onde a família morava e foi morta. Além disso, contribuiu contra o suspeito depoimento feito pela sua própria mãe.  

Levado para a delegacia local para prestar depoimento, Jean é suspeito de cometer o triplo assassinato por motivo passional. Sangue foi detectado também em seu carro e em suas roupas pela perícia já realizada pela Polícia Civil paranaense. Ainda não há mais detalhes do caso, assim como não há informações sobre a causa do crime. 

Entenda o crime

O autor era agressivo e não morava com esposa e sogros.Autor era agrassivo e não morava com esposa e sogros. Foto: Arquivo Pessoal

Natural de MS, mas moradora do Paraná, a família ainda mantinha uma empresa em Mundo Novo, cidade no extremo sul do Estado e que faz divisa com o território paranaense. Conforme informações divulgadas pela imprensa local, quem encontrou os corpos das vítimas foi a funcionária da casa.   

Ela chegou e encontrou os corpos do casal de 60 anos no chão da cozinha. Já a filha, Jaqueline estava no andar superior do imóvel, morta dentro de uma banheira. Para a polícia, a cena indica que a jovem tentou se esconder do assassino.   

Segundo a polícia do Paraná, ambas as vítimas tinham diversas marcas de facadas. A casa não tinha sinais de arrombamento e não há indícios de que as vítimas tenham tentado se defender. A perícia também encontrou alimentos jogados no chão.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aviso
Bombeiros disponibilizam telefone fixo devido problemas técnicos na linha 193
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nos próximos dias
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
R$ 350 mil
Bia Cavassa entrega duas viaturas semiblindadas à PRF
Transtornos
Quase 1 milhão de raios atingiram MS neste fim de semana
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira
Eldorado
Tempestade derruba fios elétricos e 51 animais morrem eletrocutados em fazenda
Até 4 de Novembro
IFMS segue com inscrições abertas para cursos subsequentes e Proeja
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Meio Ambiente
Semana do Lixo Zero com coleta de vidros e entrega de medicamentos vencidos começa hoje em Corumbá

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19