Menu
sexta, 18 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Acidentes com pipa na rede elétrica aumentam em 50% durante pandemia

18 junho 2020 - 11h03Redação

Desde o início da pandemia, a Energisa passou a registrar aumento nas ocorrências relacionadas a objetos que tiveram contato direto com a rede elétrica, especialmente as ocasionadas por pipas. Àquela “brincadeira”, que a princípio denota inofensiva, acabou prejudicando clientes de 18 bairros de Campo Grande, entre os dias 26 de maio e 16 de junho deste ano.

Os dados da concessionária explicam que nesse período 24.442 mil clientes ficaram sem energia, devido as pipas atingirem os fios energizados. Os números revelam um aumento em 50%, se compararmos as estatísticas registradas de janeiro até a última quinzena do mês de junho, que somou 11.242 clientes com interrupção do fornecimento.

Além da interrupção no fornecimento de energia, o contato direto com a rede pode ocasionar diversos tipos de problemas, entre eles: choque elétrico, incêndio e até mesmo acidente fatal. E diante desse cenário, a Energisa orienta que haja um reforço maior nos cuidados que a população deve ter em relação a energia elétrica.

“O ideal é que a soltura de pipa ocorra em locais abertos e afastados dos fios elétricos, e jamais faça uso de linhas metálicas, linha chilena ou cerol. Caso a pipa fique presa aos cabos de energia, nunca tente retirá-la”,  afirma o coordenador de Construção e Manutenção da Energisa, Alécio Almeida Leite.

Dicas de como brincar de pipa com segurança:

  • Procure locais distantes da rede elétrica, como parques e campos abertos;
  • Não utilize materiais cortantes, como a linha chilena e o cerol;
  • Nunca utilize bastões, barras de ferro e outros objetos para remover a pipa que tenha ficado enroscada na rede elétrica. Apenas os profissionais autorizados pela Energisa, munidos de todos os itens de segurança e treinamentos necessários, podem fazer a manutenção na rede elétrica;
  • Não solte pipa próximo a ruas e avenidas. A linha pode ser perigosa para os condutores, causando, principalmente, acidentes com motos e bicicletas;
  • Alerte outras pessoas sobre o risco de soltar pipas sem os devidos cuidados;
  • Sempre que possível, os pais devem acompanhar as crianças nessa brincadeira. A conscientização é fundamental para reduzir transtornos e acidentes.


 

Em casos de pipa na rede elétrica, entre em contato com a concessionária pelos canais de atendimento 0800 722 7272, WhatsApp Gisa (67) 99980-0698 ou pelo site www.energisa.com.br.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Comissão rejeita proposta de inclusão de jornalistas, bancários e vigilantes em grupos prioritários
SAÚDE
SES autoriza municípios a vacinarem com a Pfizer adolescentes acima de 12 anos com comorbidades
POLICIAL
PRF apreende 450 mil maços de cigarro contrabandeados na Capital
GERAL
MPF aponta risco de desaparecimento de espécies no Rio Paraná
Rio Paraná Energia, empresa da holding China Three Gorges Corporation (CTG), é acusada de descumprir regras ambientais e levar à beira do desaparecimento peixes como Pintado e Dourado
SAÚDE
SES prepara distribuição das 70.160 doses de vacina contra a covid-19 em MS
GERAL
Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS
POLICIAL
PMA e Bombeiros resgatam ave em extinção ferida
GERAL
Contribuintes têm até o dia 3 de agosto aderir ao REFIS 2021
EDUCAÇÃO
Terminam hoje as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade
GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal

Mais Lidas

POLICIAL
PM de Corumbá prende autores de roubo logo após o crime no Popular Nova
GERAL
Empresa irregular junto a ANTT monta guichê na rodoviária de Corumbá
POLICIAL
PM de Corumbá durante rondas recupera veículo furtado na área central
POLICIAL
Homem é preso por perturbação da tranquilidade no Cristo