Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Ação conjunta resgata animais silvestres atingidos pelas queimadas

25 setembro 2020 - 09h22Priscilla Peres, comunicação Semagro e assessoria CRMV

O atendimento aos animais silvestres afetados pelos incêndios que atingem o Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari e região ganhou um reforço nesta quinta-feira (24). Equipe técnica composta por 20 pessoas foram à região de Alcinópolis e Costa Rica para resgatar e prestar assistência aos animais.

A ação é realizada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS), Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul e Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD).

Profissionais voluntários do GRAD chegaram hoje a Campo Grande e foram recepcionados pelo secretário-adjunto da Semagro, Ricardo Senna, e o presidente do CRMV/MS, Rodrigo Piva. A equipe vai se unir a profissionais de MS e permanecer por até dez dias no Parque, que teve 50% de sua área afetada pelos incêndios florestais.

“O Governo do Estado está comprometido em acabar com os incêndios e salvar os animais atingidos, por meio de uma união de esforços que inclui os órgãos do Governo, as ONGs e os voluntários. Desde o início dos incêndios enfrentamos a situação com responsabilidade e tentando minimizar os impactos ambientais, e esta é mais uma ação”, afirma o secretário-adjunto da Semagro, Ricardo Senna.

Segundo o médico veterinário Aldair Junior, de Minas Gerais, participam da ação em Mato Grosso do Sul 12 pessoas oriundas dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, que compõem o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD). “Vão comigo outros médicos veterinários, bombeiros e estudantes que possuem experiência em resgate de animais vítimas de desastre”.

“Como o CRMV/MS tem recebido inúmeras demandas para atender as necessidades de apoio técnico e de mediação de mão de obra qualificada para fazer frente às vítimas dos desastres ambientais decorrentes da baixa umidade associada a incêndios ocorridos em polos ambientais estratégicos, decidimos começar a atuar na região do Parque Estadual do Taquari”, afirma o presidente do CRMV-MS, Rodrigo Piva.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal
Representatividade
Sancionada Lei que institui o Prêmio Zumbi dos Palmares em Corumbá
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Campo Grande
Casa Rosa: atendimento integrado contra o câncer de mama inaugura em novembro
Ainda sem data
Problemas na aeronave do Exército suspende vacinação contra Covid no Taquari
R$ 9,3 milhões
Cinco bairros são beneficiados por obras no saneamento em Ladário
Parceria
Projetos do IFMS irão transferir tecnologia a escolas públicas
Investimento em Educação
MS recebe mais de R$ 4 milhões do governo federal para expandir Ensino Médio em tempo integral

Mais Lidas

Denúncia
Sem resposta, passageira recorre a rede social para reclamar da Buser
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira