Menu
sexta, 01 de dezembro de 2023
Geral

Ação conjunta resgata animais silvestres atingidos pelas queimadas

25 setembro 2020 - 09h22Priscilla Peres, comunicação Semagro e assessoria CRMV

O atendimento aos animais silvestres afetados pelos incêndios que atingem o Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari e região ganhou um reforço nesta quinta-feira (24). Equipe técnica composta por 20 pessoas foram à região de Alcinópolis e Costa Rica para resgatar e prestar assistência aos animais.

A ação é realizada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS), Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul e Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD).

Profissionais voluntários do GRAD chegaram hoje a Campo Grande e foram recepcionados pelo secretário-adjunto da Semagro, Ricardo Senna, e o presidente do CRMV/MS, Rodrigo Piva. A equipe vai se unir a profissionais de MS e permanecer por até dez dias no Parque, que teve 50% de sua área afetada pelos incêndios florestais.

“O Governo do Estado está comprometido em acabar com os incêndios e salvar os animais atingidos, por meio de uma união de esforços que inclui os órgãos do Governo, as ONGs e os voluntários. Desde o início dos incêndios enfrentamos a situação com responsabilidade e tentando minimizar os impactos ambientais, e esta é mais uma ação”, afirma o secretário-adjunto da Semagro, Ricardo Senna.

Segundo o médico veterinário Aldair Junior, de Minas Gerais, participam da ação em Mato Grosso do Sul 12 pessoas oriundas dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, que compõem o Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD). “Vão comigo outros médicos veterinários, bombeiros e estudantes que possuem experiência em resgate de animais vítimas de desastre”.

“Como o CRMV/MS tem recebido inúmeras demandas para atender as necessidades de apoio técnico e de mediação de mão de obra qualificada para fazer frente às vítimas dos desastres ambientais decorrentes da baixa umidade associada a incêndios ocorridos em polos ambientais estratégicos, decidimos começar a atuar na região do Parque Estadual do Taquari”, afirma o presidente do CRMV-MS, Rodrigo Piva.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prestação de Serviço
Servidores e aposentados do município já podem sacar salários de novembro
Publicação
Portaria federal reconhece emergência em municípios do Pantanal de MS
Turn Off
Aumenta lista de servidores estaduais exonerados por corrupção
Meio Ambiente
Pantaneiros consideram Lei do Pantanal um avanço para manter bioma preservado
Termina dia 4
Últimos dias de inscrições em cursos para jovens e adultos no IFMS
Eleição
Sindicato das indústrias metalmecânicas de MS elege nova diretoria para o quadriênio 2023/27
Na Câmara
Audiência na Câmara é sugerida para debater políticas públicas direcionadas a causa animal
Segurança
Presídios de Corumbá completam um ano sem fugas após implantação de grupamento
Pioneiro
MS desenvolve o 1º Plano Estadual de Economia Criativa do País
Insalubre
Transbordo municipal funciona em condições precárias e vereadora cobra reforma urgente

Mais Lidas

Tecnologia
Aplicativo Para Ver Conversas Do WhatsApp de Outra Pessoa
Vila Mamona
Funcionário da Secretaria Estadual de Educação é vítima de furto em Corumbá
Na Capital
Adjunto de Educação, técnica da SAD e mais dois são presos em operação do Gaeco
Oportunidade
IFMS abre 14 vagas para professores substitutos; há vagas para Corumbá