Menu
terça, 19 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Abril supera março e se torna mês mais letal da pandemia em Mato Grosso do Sul

30 abril 2021 - 14h41Portal do Governo de MS

Assim como ocorreu em outros estados brasileiros, Mato Grosso do Sul fecha o mês de abril como o mês mais letal da pandemia de Covid-19. Durante apresentação dos dados oficiais o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende confirmou abril como o mês mais fatídico.

"Temos hoje números que apontam que estamos certos quando alertamos. Abril foi o mês que tivemos mais óbitos em Mato Grosso do Sul. Superamos março que teve 1.081 óbitos, e em abril, 1.276 óbitos. Ou seja, quase 200 óbitos a mais que o mês anterior", lamentou. 

O acumulado de casos no Estado está em 248.185 mil, e o de óbitos chega a 5.718 óbitos. Conforme boletim epidemiológico apresentado nesta sexta-feira (30) nas últimas 24 horas a Secretaria de Estado de Saúde (SES) recebeu a confirmação de mais 959 pessoas infectadas e de outros 33 pacientes que perderam a vida para a doença.

Por outro lado, o mês de abril teve uma ligeira redução no número de casos confirmados da doença em relação a março. "No mês passado tivemos 34.070 casos, enquanto no mês e abril tivemos 32.587", ponderou.

Ainda assim Resende alertou que embora tenha ocorrido uma ligeira queda nos casos confirmados o vírus está mais letal. "Aumentou a taxa de letalidade no nosso estado. Saímos de 1.8 em dezembro, e passamos para 2.3 o grau de letalidade. E o mais grave é que quem está morrendo são as pessoas mais jovens entre 20 a 59 anos". 

Conforme boletim apresentado nesta sexta-feira a capital continua sendo o epicentro da doença, com mais 246 novos casos, e contabilizando total de 94.715 infectados desde o início da pandemia. Na sequencia dos municípios com mais confirmados estão: Dourados (+101); Três Lagoas (+74), Corumbá (+43) e Ponta Porã (+33). A média móvel de casos confirmados por dia na ultima semana é de 930,3.

Foram registrados mais 33 óbitos de pacientes que residiam em 16 municípios do Estado. Os óbitos foram registrados em: Campo Grande (+10), Três Lagoas (+5), Dourados (+4) e São Gabriel do Oeste registrou (+2). Entre os municípios que tiveram um óbito cada estão: Água Clara, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Corumbá, Coxim, Guia Lopes da Laguna, Ivinhema, Jardim, Naviraí, Ribas do Rio Pardo e Rio Brilhante.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flexibilidade
Com redução dos casos de Covid-19, Prefeitura altera Toque de Recolher em Corumbá
Monumento Histórico
Vereadores defendem resgate de antigo Farol do Balduíno no Rio Paraguai
Sem Emendas
Câmara aprova Moção em Apoio à regulamentação da profissão de podologia
Pobreza Menstrual
Vereadora pede apoio de deputados para derrubar veto presidencial na distribuição de absorventes
Em tramitação
Proposta cria programa de apoio a catadores de recicláveis em Corumbá
Briga Antiga
Anatel convoca a Oi para reunião sobre internet em Corumbá
Na Câmara
Vereador questiona índices do ICMS Ecológico estabelecidos para 2022
Desdobramento
Denúncia contra os nove indiciados pelo Dracco na Operação "Dark Money" vira processo judicial
Desdobramentos
PF apreende arma, munição e faz termo de conduta durante operação Mercês
Crime na Capital
Após disparos, polícia prende ladrões que fizeram idosa e cuidadora de reféns na Capital

Mais Lidas

Capital e Chapadão do Sul
SAD divulga abertura de Processo Seletivo da Agepan
Crime
Motorista de aplicativo é sequestrada e tem carro roubado; dois dos assaltantes foram presos
Prisão
Homem é preso após invadir e roubar escola no centro
Impressionante
Moto Titan com débitos de R$ 107 mil é aprendida em blitz do Detran-MS no fim de semana