Menu
terça, 22 de junho de 2021
Assembleia de MS - Campanha Mãos - Junho
Andorinha - Maio
Geral

Abaixo do esperado, dia das crianças deve movimentar R$ 6,39 mi na região

22 setembro 2020 - 14h14Gesiane Sousa

Apesar de todas as flexibilizações já liberadas na região, ainda não será no dia das crianças, comemorado em 12 de outubro, que o comércio de Corumbá e Ladário vai recuperar o fôlego no faturamento. Segundo dados do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF-MS) e Sebrae MS, a data deve movimentar R$ 6,39 milhões na região, 26% a menos do resultado atingido em 2019. Mesmo assim, a expectativa é de que a data comemorativa apresente o melhor resultado para o comércio desde o início da pandemia.

Em Corumbá e Ladário, 279 pessoas foram entrevistadas por telefone, entre os dias 24 de agosto e 10 de setembro. O cálculo amostral levou em consideração a população de Mato Grosso do Sul e dos municípios investigados, segundo dados do IBGE (estimativa para 2018/2019). As margens de erro variaram entre 5% a 6% e possui 95% de confiança.

Das pessoas (87%) que possuem afilhados, sobrinhos ou filhos, 54% admitiram que as crianças estão ansiosas pelos presentes. O ranking dos brinquedos e brincadeiras mais citados teve videogame/celular na primeira colocação com 48% de intenção, filmes e séries com 31%, desenho/pintura com 4%, piscina com 4% e jogos de tabuleiro com 4%.

Entre os que se apresentaram desmotivados para presentear as crianças: 24% admitiu que o motivo é a falta de dinheiro e 20% vão preferir economizar para possíveis emergências.

Entre os que confirmaram ir as compras para o feriado de 12 de outubro, que neste ano cairá numa segunda-feira: 49% darão preferência aos brinquedos, 29% as roupas e 15% aos calçados. A maioria dos compradores, 93% dos entrevistado, vão manter a tradição de ir até a loja e 44% darão importância para o atendimento.

Diante da pandemia, 42% das pessoas afirmaram que vão comemorar em casa; 26% pedirão comida pronta; 16% farão brincadeiras para as crianças; 11% vão planejar algum passeio e 5% têm intensão de ir a algum restaurante. Se não estive em meio a uma pandemia, 83% dos entrevistados prefeririam passear em parques e áreas para crianças; 17% iriam à passeios e 0% mencionou que ficariam em casa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Copa América registra 140 casos de covid-19, diz Conmebol
GERAL
Sedhast realiza evento on-line com foco nos refugiados, migrantes e apátridas em MS
POLICIAL
PRF apreende 450.000 maços de cigarros em MS
ECONOMIA
Custos de produção de frangos aumentam quase 20% entre janeiro e maio
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental de Corumbá autua infrator em R$ 5 mil por incêndio em terreno
GERAL
Sanesul informa interrupção no fornecimento de água em Ladário
PROJETO DE LEI
Vereadora prega conscientização sobre a menstruação e distribuição de absorventes higiênicos
ECONOMIA
Auxílio emergencial: nascidos em abril podem sacar 3ª parcela
NA PANDEMIA
Feiras livres como atividades essenciais é o que pede vereador na Câmara
ECONOMIA
Copom: Inflação persiste, mas economia evolui mais que o esperado

Mais Lidas

ATROPELAMENTO
Mulher é vítima de atropelamento e fica gravemente ferida
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por disparo de arma de fogo
POLICIAL
Homem é preso por assédio contra criança no Conjunto Guatós
GERAL
Processo Seletivo para contratação de Analista de Medidas Socioeducativas está com inscrições aberta