Menu
quinta, 02 de dezembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

A partir de amanhã, Estado só pode repassar verbas para Covid e queimadas

14 agosto 2020 - 10h30Redação com informações do Correio do Estado

De acordo com a Lei Eleitoral, esta sexta-feira (14) é o último dia do prazo legal para que o governo do Estado firme convênios com prefeituras, depois disso, só será permitido repassar recursos que estejam ligados a pandemia da Covid-19 ou as queimadas no Pantanal. Até que as Eleições municipais de 2020 sejam realizadas, os repasses estão proibidos.

Agentes públicos que realizarem transferência de valores dos recursos da União aos Estados e Municípios, e dos Estados aos Municípios dentro do período eleitoral ficam sujeitos a pena de nulidade de pleno direito. A exceção ocorre quanto aos  recursos destinados a cumprir obrigação preexistente para a execução de obra ou serviço em andamento, assim como para atender situações de emergência e de calamidade pública.

A emergência em saúde pública decretada em Mato Grosso do Sul (MS), em relação a pandemia e as queimadas no pantanal, dão o direito de envio de verbas para essas duas situações.

Entretanto, ainda segundo a legislação eleitoral, as transferências vindas instrumentos celebrados anteriormente ao ano eleitoral e “constantes das ferramentas orçamentárias (Lei Orçamentária, Lei de Diretrizes Orçamentárias e Plano Plurianual)” não poderão sofrer interrupção, já que são compromissos assumidos pelo ente federado com terceiros e decorrentes de procedimentos licitatórios.

De acordo com a Lei nº 201, sobre a responsabilidade dos prefeitos e vereadores, são considerados crimes de responsabilidade desses representantes o recebimento de “transferência voluntária em desacordo com limite ou condição estabelecida em lei. (Incluído pela Lei 10.028, de 2000). Os crimes definidos neste artigo são de ação pública, punidos (…) com a pena de reclusão, de 2 a 12 anos, e os demais, com a pena de detenção, de 3 meses a 3 anos”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Homenagem
Rodovia MS 228, em Corumbá, recebe o nome do pecuarista Dalci Vicente Sebben
Governo
Autorizados concursos públicos para Iagro e Sedhast com 180 vagas
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos