Menu
quarta, 16 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
COLUNA

Entrelinhas

Sylma Lima

O tiro saiu pela culatra

27 janeiro 2021 - 16h36

Prefeito de cidadezinha do interior consegue eleger amasia a vereadora. Não satisfeito queria mais. Chamou os vereadores para uma reunião e teria pago propina para que a elegessem presidenta da Câmara. Sedento pelo poder que lhe subiu a cabeça, ele não se atentou que a reunião foi toda filmada.

Para seu desespero no dia da eleição os vereadores elegeram outra pessoa. O prefeito pastor apaixonado pela diva da saúde estava na praia , com direitos a fotos no perfil da agora ‘primeira dama’, teve que voltar para defende-la uma vez  que recentemente foi caçada pelo Ministério público por fraude eleitoral.

Como se não bastassem os problemas que vem enfrentado, agora tem que lidar a possibilidade de impeachment a qualquer momento. Ocorre que hoje ele sofre a mesma agonia que ele impôs ao ex prefeito quando tomou seu cargo.

Dizem que a queda do ‘colega’ foi graças as artimanhas do homem de Deus. Agora ele que se cuide porque como dizem os mais antigos: Aqui se faz, aqui se paga. E pelo andar da carruagem logo a cidadezinha terá como prefeito o seu vice. Exatamente como aconteceu em outra ocasião.

Chama à atenção a inexperiência do garboso prefeito que não percebeu que estava sendo filmado durante toda conversa. Ele que se gaba de sua ‘inteligencia’ e astúcia. Que seja, para o bem do povo desta pérola que mais se parece com um vulcão em erupção devido aos estragos e falta de manutenção.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

O Certo pelo Duvidoso
A Democracia Pantaneira
O tiro saiu pela culatra
Despreparo ou desumanidade
17 anos