Menu
terça, 25 de janeiro de 2022
Andorinha Janeiro/2022
Andorinha Mobile - Janeiro 2022
COLUNA

Entrelinhas

Sylma Lima

Deu nas redes

29 novembro 2021 - 12h55

A tarde deste domingo uma enxurrada de comentários, ofendendo jornalistas que postaram sobre o crime bárbaro contra uma travesti de Corumbá chamou atenção de especialistas. As críticas começaram após a polícia militar enviar boletim de ocorrências sobre o homicídio com o nome de batismo da travesti. Para quem não sabe o inquérito é instaurado desta forma e não com nome social, apesar de constar no processo. Chamou a atenção desta jornalista a preocupação com a ‘imagem’ da trans, quando a família passava por dificuldades para comprar o caixão e fazer o enterro. Sugiro aos representantes LGBT se preocuparem mais com o lado humano do que com o show business. Antes que me esqueça, se achou ruim, reclama com a polícia.

Investigação

A qualquer momento a polícia civil pode apresentar o assassino de Thallyta, pois testemunhas sabem de quem se trata. Segundo se comenta a ‘boca miúda’, era um homem casado, pai de família, cliente da vítima. A investigação da polícia, através do celular apreendido, e devidamente desbloqueado com a digital de Thallyta pode dar fim ao caso, revelando o autor. Outra hipótese é que ele se presente uma vez que fugiu do flagrante e foi reconhecido por outras pessoas que fazem ponto na Edu Rocha esquina com Colombo.

Covid

A população pede a volta do toque de recolher, pois assim evitaria não só o aumento de casos de covid, como reduziria a violência em Corumbá. Este final de semana dois homicídios movimentaram a polícia. Um carro ‘recheado’ de cocaína foi abandonado num matagal no bairro aeroporto. Dois acidentes de transito, incluindo um carro da prefeitura de Ladário que saiu da pista na BR 262 e , a prisão de um colombiano pedido pela Interpol que tentava chegar a Corumbá, provavelmente, para cruzar a fronteira. A bruxa esta solta’ nesta região. A cereja do bolo foi a denuncia de corrupção nas eleições municipais que foi ao ar , finalmente, pela TV Morena, nesta segunda 29. A “casita caiu” .

Desinformação

O prefeito Marquinhos Trad, PSD, esteve em Corumbá este final se semana. Infelizmente o Capital do Pantanal não foi informado da agenda na cidade. Talvez por questões politicas ou de cunho pessoal. Só um recado para os articuladores de plantão,  como dizia o grande filosofo Nicolau Maquiavel, “ política é a arte de ciscar para dentro” .

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Se correr o bicho pega....
Corumbá destes meus sonhos e dos meus primeiros dias”.
Políticas públicas e captação ilícita de votos
Ativismo judicial
O estranho mundo da justiça penal