Matrículas - Sesi

Tempo deve ficar fresco e parcialmente nublado neste final de semana

Por Gesiane Medeiros14 OUT 2017 - 09h37min
Sol pode apareceu,, mas ficarpa entre nuvens.Foto: Gesiane Medeiros

Depois de dias ensolarados e escaldantes o corumbaense e ladarense pode enfim aproveitar um final de semana fresco. Segundo o Instituto nacional de Meteorologia (Inmet) não chega a chover e o sol até pode aparecer, mas ficará encoberto por nuvens. O vento forte que permaneceu durante o dia e a noite de ontem, sexta-feira, 13 de outubro, já anunciava a mudança de tempo. Em Corumbá, chegou a garoar e neste sábado amanheceu com 19 graus. A mesma temperatura foi registrada em Ladário.

Ainda segundo o Instituto, a máxima neste final de semana pode atingir até 30 graus, porém a tendência é de declínio. A umidade mínima do ar ficará em 45%.

O cenário de mudança de tempo é existente em todo o Estado, com possibilidade de pancadas de chuva na região leste e nordeste. A nebulosidade pode diminuir ao longo do dia nas demais áreas, mas os ventos do sul promoverão uma queda acentuada nas temperaturas em todo o território sul-mato-grossense, principalmente nas regiões sul e sudoeste. A temperatura mínima prevista é de 14º C e máxima de 34º C.

No centro-norte e leste do estado, o dia deve amanhecer parcialmente nublado. Já a chuva está prevista para o período da tarde, enquanto à noite o céu deve ficar com poucas nuvens. Informações parciais do G1MS.

Deixe seu comentário

Leia Também

Combate ao tráfico

Polícia Civil estoura ‘boca’ no Loteamento Pantanal

Procon

Empresas são autuadas por impedirem reserva de passagens interestaduais gratuitas

Emprego

Mercado de Trabalho de MS inicia recuperação e gera mais de 700 vagas em outubro

Educação

IFMS divulga gabarito do Exame de Seleção para os cursos técnicos

Brasil

Presídios terão banco de dados sobre situação de detentos

Concorrência

Ônibus vai operar de Corumbá para Capital com fretagem a R$ 140 ida e volta

Segurança

Receita doa câmeras ao Município e amplia videomonitoramento na fronteira