Micareta

Sesi, Senai e IEL apresentam projetos de inovação na Semana da Ciência e Tecnologia

Por Assessoria26 OUT 2017 - 10h00min
Feira fica montada até amanhã, 27, em unidade de Campo Grande.Foto: Divulgação

Durante a Semana Nacional da Ciência e Tecnologia em Mato Grosso do Sul, que começou nesta quarta-feira (25/10) e vai até sexta-feira (27/10) no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande (MS), e tem como tema “A Matemática está em tudo”, o Sesi, Senai e IEL estão com um estande onde apresentam os serviços e produtos na área de educação e inovação oferecidos pelas três Casas.

Na avaliação do superintende do Sesi, Bergson Amarilla, o evento é uma possibilidade para mostrar o desenvolvimento de inovação e tecnologias da Escola do Sesi em Mato Grosso do Sul. “Entendemos que o Sesi evoluiu nessa questão de inovação e tecnologia. Hoje o ensino requer esse componente no seu dia-a-dia. Entendemos que essa juventude precisa ter contato, produzir e gerar inovações. É uma geração que tem muito a contribuir seguramente para a qualidade de vida, para a questão da economia”, afirmou.

Já o gerente de tecnologia e inovação do Senai, Leandro Gustavo Schneider Neves, destacou a importância de apresentar à sociedade a capacidade de inovação da instituição. “O Senai está focado no aumento da competitividade e redução dos custos operacionais e isso só consegue por meio da inovação. Essa é uma oportunidade de apresentarmos nossa capacidade de atendimento às necessidades industriais e os nossos cursos de qualificação de mão de obra para atender essa demanda, sempre focando na inovação”, declarou.

Além dos banner e folhetos explicativos, o estande da Fiems ainda contou com a participação do aluno do 7º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Campo Grande, Ian Pereira Granja, que explicou aos interessados um projeto desenvolvido durante as aulas de JEPP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos), que utilizou caixas de leite para a confecção de carteiras e vasos de decoração.

“Vou falar sobre o projeto que desenvolvemos em sala de aula e mostrar que é possível desenvolver o empreendedorismo a partir de materiais simples e relativamente inúteis, já que essas caixas de papelão iriam para o lixo”, ressaltou Ian Pereira Granja.

 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Saúde

MS está em campanha para vacinação de adolescentes contra HPV

Educação

IFMS segue com inscrições abertas para cursos técnicos integrados ao ensino médio

Saúde

MEC habilita faculdade particular para implantar curso de Medicina em Corumbá

Economia

Dólar abre em alta, cotado a R$ 4,12

Eleições 2018

Líder, Azambuja tem 42,9%; juiz Odilon é segundo, com 29,35%

Policial

Acusado de matar adolescente e jogar corpo em córrego se apresenta a polícia

Policial

Adolescente diz que apanhou da mãe ao se rebelar contra estupros de padrasto