Menu
quarta, 24 de abril de 2019
Câmara - Basta! Feminicídio não!
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Geral

Projeto de Lei regulamenta implantação progressiva de escolas em tempo integral

10 abril 2019 - 09h54Câmara de Corumbá

A implantação progressiva de escolas em tempo integral  em Corumbá está sendo proposta pelo vereador Yussef Salla que, na sessão de ontem, terça-feira, 09, apresentou um Projeto de Lei que regulamenta essa atividade, inclusive com um prazo de 10 anos para no mínimo 50% dos estabelecimentos de ensino da Rede Municipal devam oferecer matrículas em horário integral.

A decisão de apresentar o Projeto de Lei deve-se ao fato que em 2016, por meio do Decreto nº 1.649, o Município extinguiu o Programa Experimental de Educação Integral de Corumbá, criado pelo decreto 1001, de 15 de dezembro de 2011, colocado em prática em 2012 com a implantação gradativa em escolas urbanas e rurais, atendendo alunos da Educação Infantil até a 9ª série do Ensino Fundamental, para adequação ao Plano Nacional de Educação que estabeleceu como meta que 50% das escolas públicas ofereçam educação em tempo integral até o ano de 2020.

Em 2016, o programa experimental foi extinto, por meio de decreto, passando para Escola de Tempo Integral. Dessa forma, o vereador pedetista está propondo o Projeto de Lei para regulamentar a implantação das Escolas de Tempo Integral com carga horária igual ou superior a sete horas diárias, nos turnos manhã e tarde, para alunos da educação infantil e do ensino fundamental.

Yussef observa que a regulamentação do programa é de extrema importância, o que o levou a apresentar o a proposta, prevendo inclusive que todas as escolas em tempo integral deverão oferecer, no mínimo, três alimentações, respeitando as diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar, apoiando inclusive o desenvolvimento sustentável, com incentivos para a aquisição de gêneros alimentícios diversificados, produzidos em âmbito local e preferencialmente pela agricultura familiar.

A proposta passa também pela capacitação específica para diretores, diretores adjuntos, professores e servidores das Escolas de Tempo Integral. Além disso, o Projeto de Lei prevê 15% de remuneração em seus salários base pela dedicação de tempo integral.

O plano pedagógico curricular da Escola de Tempo Integral será diferenciado no sentido de promover a permanência do educando na escola, criando condições de melhor aprendizado; proporcionar ações e exercícios no campo social, cultural, esportivo e tecnológico dentro da escola e em ambientes coletivos diversificados; oferecer a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade, fazendo com que ocorra a articulação entre o núcleo comum curricular e as demais atividades estabelecidas na proposta.

Deverá ainda incentivar a participação da comunidade no processo educacional, promovendo a construção da cidadania; adequar as atividades educacionais à realidade de cada região; proporcionar ao aluno experiência educativa que possibilite o desenvolvimento integral, considerando os aspectos cognitivos, motor, social, emocional e cultural; reforçar a escola como um espaço de socialização, onde o aluno possa experimentar uma vivência coletiva e formular uma concepção de mundo, de sociedade e de cidadania.

Yussef destaca que a proposta prevê ainda a necessidade de dotar a escola de instrumentos tecnológicos geridos por uma equipe multiprofissional, composta pela direção, direção adjunta, coordenação pedagógica, professores, servidores da escola e nutricionistas, como também a inclusão da educação alimentar e nutricional e economia familiar/doméstica no processo de ensino e aprendizagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Capacitação
Senac MS lança programa de qualificação voltado para o comércio
Defesa do consumidor
Passageiros da Avianca, com voos cancelados, devem ser reembolsados
Policial
Homem é preso por furtar chinelo e desodorante em mercado
Policial
Assalto em dois Postos de combustíveis em Corumbá
Essa madrugada foi de intensa movimentação da Polícia Militar entretanto, não conseguiu localizar os assaltantes
Policial
PM prende dois foragidos da justiça nas últimas horas
Policial
Vendedora de ‘paradinha’ é presa com a ‘boca na botija’ pela PM
Alarme falso
Sobrecarga elétrica pode ter disparado alarme de incêndio no hospital da Cassems
Emergência Médica
Marinha socorre criança doente na região do Taquari
Devido a ‘baceiros’ no leito do rio a única maneira de deslocamentos é através de aeronaves
Oportunidade
IFMS abre 560 vagas para cursos técnicos a distância
Crime ambiental
PMA apreende redes de pesca e liberta peixes dos petrechos ilegais

Mais Lidas

Agrotóxicos
Conselho Estadual elabora plano para difusão do Manejo Integrado de Pragas em MS
Ranking
Na contramão da crise, MS fica entre os Estados com investimentos em 2019
Água e Esgoto
Câmara autoriza início das conversações para renovação de concessão com a Sanesul
Política
Após reunião com governo, caminhoneiros descartam paralisação