Mês da Indústria - Fiems

Programa que previne evasão e violência escolar será discutido em Audiência Pública nesta quarta (22)

Por Assessoria Câmara Municpal de Corumbá20 MAR 2017 - 10h21min
Palestra do procurador Sérgio Harfouche será na quarta-feira.Foto: Divulgação

O Programa de Conciliação para Prevenir a Evasão e a Violência Escolar (PROCEVE), é tema de uma palestra que será ministrada pelo procurador de Justiça Sérgio Fernando Raimundo Harfouche, durante audiência pública em Corumbá. O evento está marcado para a próxima quarta-feira, 22 de março, a partir das 19 horas, no ginásio do Complexo Poliesportivo de Corumbá.

A palestra é uma realização da 7ª Promotoria de Justiça da Comarca de Corumbá, por meio da Promotoria de Justiça de Proteção à Infância e Juventude, do Idoso e da Pessoa com Deficiência, e tem apoio da Câmara Municipal de Vereadores. É direcionada à comunidade em geral, mas especificamente aos pais ou responsáveis por alunos das escolas públicas e particulares da região.

A promotora Ludmila Paula de Castro e Silva informa que a audiência pública vai ser importante para que todos conheçam o PROCEVE, um programa que será implantado no Município, cujo objetivo é buscar soluções conciliatórias entre alunos, genitores e instituições escolares, bem como a garantir do direito à educação mediante o resgate da autoridade do professor, a atribuição de responsabilidades a todos os atores da comunidade escolar e a resolução de conflitos de maneira consensuada.

Projeto de Lei

O tema já está sendo debatido na Câmara de Vederadores, onde tramita um projeto de lei que dispõe sobre a implementação de atividades com fins educativos para reparar danos causados no ambiente escolar do sistema de ensino do município de Corumbá. A iniciativa visa não só melhorar a segurança nas escolas, mas principalmente proteger a vida de crianças e adolescente do Município.

A proposta foi apresentada pelo vereador Manoel Rodrigues (PRB) e obriga os estabelecimentos de ensino executar a aplicação de atividades com fins educativos, como penalidade posterior à advertência verbal ou descrita.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Justiça

Cinco anos após morte de índio, delegada vira ré por improbidade

Concurso

Forte de Coimbra pode se tornar patrimônio mundial da Unesco

Trânsito

Com simulação de acidente, Agetrat reforça orientação para trânsito seguro

Protesto Nacional

Caminhoneiros dizem que paralisação é pelo povo

Transporte de passageiros

Promoção da Andorinha facilita volta de Campo Grande

Policial

Após denúncia anônima, PM encontra motocicleta abandonada em terreno baldio

Policial

PM resgata mulher de cárcere privado e prende autor de agressão doméstica