Menu
quarta, 01 de abril de 2020
Andorinha - Medidas Preventivas Coronavírus
Geral

Procon autua nove postos de combustíveis na Capital e preço da gasolina não baixa

21 março 2020 - 10h00Correio do Estado

Ação da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) fiscalizou 13 postos de combustíveis em Campo Grande e autuou nove deles no período de 15 a 18 de março, em diferentes regiões da Capital. 

Entre as irregularidades encontradas estão produtos com validade expirada e informações incompletas ou com dificuldades para entendimento pelos consumidores ou, ainda, a inexistência de exemplares do Código de Defesa do Consumidor para consulta. 

Também houve casos de divulgação, por meio de placas, a respeito da diferença percentual em relação aos preções dos combustíveis, principalmente gasolina e etanol.

Na maioria dos estabelecimentos, que possuem acesso por mais de uma rua, a placa com os preços estava voltada apenas para uma das vias, o que dificulta à população tomar conhecimento dos valores. A ausência de informações a respeito da possibilidade de pagamentos por dinheiro ou cartões de crédito e débito, sendo que há diferenciação entre preços também constitui irregularidade. 

Entre os produtos impróprios à comercialização, há a existência de fluido para freios e solução para limpeza de para-brisas com prazos de validade expirados, até em mais de um ano. Um produto estava com a fabricação rasurada e não teve condições de fazer a verificação do seu vencimento. 

INTERDIÇÃO

Participaram da ação integrantes do Instituto Nacional de Metrologia/MS (Inmetro), da Delegacia do Consumidor (Decon) e Agência Nacional de Petróleo (ANP). Inmetro encontrou irregularidades graves que levaram a interdição de dois postos. 

Considerada falta grave, foi detectada erro na medida de combustível vendido ao consumidor, com entrega menor do que, na realidade, constava na bomba e foi cobrado. Com isso as unidades foram interditadas até a correção do defeito na bomba sendo encaminhada notificação aos responsáveis.

Do total de postos, foram autuados dois da rede Taurus (Pororoca nas ruas 26 de Agosto e Três Barras), Automaster (avenida Calógeras), WA (Tonico de Carvalho), Alloy (Fernando Corrêa da Costa), Katia Locatelli (Ceará), Aero Rancho (Thirson de Almeida), Lotus (Cassim Contar) e Depetroleo (Jonas Corrêa da Costa).

PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS 

Com a nova redução anunciada nesta quarta-feira, 18, o preço da gasolina vendida pela Petrobras nas refinarias já caiu 30,1% e o do diesel, 29,1% no ano.

A baixa, no entanto, ainda não foi totalmente repassada para o consumidor, avaliam analistas, que já previam uma queda gradual nas bombas dos postos de abastecimento.

Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), nos postos de abastecimento a gasolina o preço continua alto em todo o Estado.

COMO DENUNCIAR NO PROCON

Todo cidadão que se sentir lesado em sua relação a possível preço abusivo nos postos de combustível do Mato Grosso do Sul, tem à disposição um número de telefone para denunciar. Basta discar 151 ou pelo site: http://www.procon.ms.gov.br/fale-conosco/

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alívio
Pequenos empresários de MS são beneficiados com adiamento das parcelas do FCO
Em isolamento
Família haitiana autorizada a entrar no Brasil cumpre quarentena de 14 dias em Corumbá
48 casos confirmados
Três Lagoas confirma primeiro caso da Covid-19
Covid 19
Aulas seguem suspensas até maio no Estado
Geral
Consumidor poderá pagar débitos com a Energisa em até 12X
Refração
Centro-Oeste registra queda de 12,48% nas vendas por e-commerce em fevereiro
Solidariedade em Bonito
Grupo de Jipeiros une forças e doa cestas básicas para famílias carentes de Bonito
Sem colher de chá
Prazo de filiação para se candidatar em 2020 é mantido no dia 4 de abril
Covid 19
Barreiras sanitárias começam a funcionar em três municípios na divisa com SP e PR
Retorno da Imunização
Ainda insuficiente para cobrir grupo prioritário vacinação contra H1N1 é retomada em Corumbá

Mais Lidas

Oportunidade
Correios abrem inscrições para mais de 4 mil vagas de Jovem Aprendiz
Apertando o cinto
Toque de recolher passa a ser cumprido pela PM em Corumbá
Corumbá
Mãe manda prender filho usuário de drogas
Negociação
Empresários de Corumbá pedem flexibilização das medidas restritivas ao Covid-19